Distribuição Homepage Newsletter

Vendas da Ikea crescem 17% em Portugal no ano fiscal de 2017

Por a 5 de Dezembro de 2017 as 17:45
ikea_2

A faturação da Ikea em Portugal subiu 17% no ano fiscal de 2017 (1 de setembro de 2016 a 31 de agosto de 2017) face ao anterior, tendo alcançado os 397 milhões de euros, revela o grupo sueco.

A nível global, as vendas da multinacional de mobiliário e decoração, que opera também na área de centros comerciais, aumentaram 3,8% em termos homólogos para os 34,1 milhões de euros alcançados no último ano fiscal. O lucro, por sua vez, cifra-se em 2,5 mil milhões de euros.

A multinacional nomeou em setembro deste ano uma nova responsável pela área de retalho em Portugal. Helen Duphorn, de nacionalidade sueca e 20 anos de experiência na organização, veio suceder a Christiane Thomas que assumia desde 2013 a condução dos projetos do grupo no País.

“Este crescimento de 17% reflete a evolução orgânica do negócio, a abertura de novas lojas e canais de venda, mas principalmente a dedicação e motivação das nossas pessoas”, comenta a retail manager para Portugal, Helen Duphorn.

A Ikea tem cinco lojas em Portugal (Alfragide, Loures, Matosinhos, Braga e Loulé), que receberam 14 mil visitantes no ano fiscal encerrado em agosto, além de dois centros comerciais (Mar Shopping Matosinhos e Algarve) onde trabalham diariamente 2300 colaboradores. O grupo abriu neste período fiscal a primeira loja no sul do País, lançou no final de 2016 a loja online em solo luso e abriu o segundo centro comercial em Portugal, concretamente o do Algarve.

A nível internacional, o grupo inaugurou 13 novas lojas no ano financeiro de 2017, contando agora com 355 lojas em 29 países, 43 centros comerciais em 15 países, 24 pontos de entrega e encomenda em 12 países, 31 centros de distribuição para lojas em 18 países e 26 centros de distribuição para clientes em 13 países.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *