Distribuição Homepage Newsletter

Dolce Vita Tejo inaugura primeiras remodelações previstas em projeto de €70M

Por a 4 de Outubro de 2017 as 18:22
quiosque

O Dolce Vita Tejo inaugurou no primeiro dia de outubro as primeiras remodelações previstas no plano de investimento de 70 milhões de euros. O projeto para renovação total do centro, anunciado pelo Eurofund quando em 2015 adquiriu o Dolce Vita Tejo, tem como objetivo transformar o espaço num conceito de “Shopping Resort”.

As obras do Dolce Vita Tejo iniciaram em junho de 2017, sendo que no dia 1 de outubro foram inauguradas duas das primeiras zonas intervencionadas. As mudanças no centro são visíveis ao nível das novas áreas de descanso, novos serviços e novas insígnias. O próximo passo será a reestruturação da zona de restauração do shopping.

As operações de remodelação estarão terminadas no início de 2018. O terraço exterior será o último espaço a registar alterações sobre a sua área total de 7000 metros quadrados, que passará a dispor de uma oferta de cerca 1500 lugares sentados.

“Pretende-se reinventar toda a experiência de visita através da criação de espaços mais acolhedores, mas também de um conjunto de atividades culturais, desportivas e de ócio para as famílias”, explica em comunicado Roberto Xavier, Diretor do Centro.

Neste sentido, o projeto de reformulação do Dolce Vita, entregue à estúdio de arquitetura espanhol Banús Arquitectura, prevê “uma zona mais adequada a quem procura um ambiente mais calmo e sóbrio, uma zona descontraída para qualquer ocasião ou tipologia de visita, uma área para refeições divertidas com crianças ou em família e outra mais destinada a jovens com uma decoração mais ajustada a essa faixa etária”. O mobiliário está a ser substituído para ostentar um design “mais atual” e permitir uma “variedade muito maior de opções de assento, que se escolhem em função do tamanho do grupo ou se a visita é individual”. [RX1]

2016 foi “o melhor ano de sempre em termos de vendas totais” do Dolce Vita Tejo, que registou um crescimento de mais de 6% em faturação e de 5% em tráfego, face ao ano anterior. No primeiro semestre deste ano, o crescimento das vendas fixa-se 9%, “uma tendência que se manteve nos meses do verão”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *