Distribuição Homepage Newsletter

AKI distribui 16% dos lucros pelos colaboradores

Por a 5 de Maio de 2017 as 14:27
AKI_fachada1

O Aki Portugal voltou a distribuir, pelo terceiro ano consecutivo, 16% dos seus resultados líquidos pelos colaboradores da cadeia de decoração e bricolage. Estes, podem agora aplicar o valor auferido em ações do grupo ou aplicá-lo num outro produto financeiro que a empresa disponibiliza.

A empresa do grupo francês ADEO atingiu em 2016 um volume de vendas “recorde” em Portugal, alcançando vendas de 212 milhões de euros com uma cadeia de 34 lojas. Os lucros cresceram 9% face ao ano transato.

16% do valor será repartido pelos cerca de 1300 colaboradores, o que corresponde a “um ordenado extra por cada”. O montante pode ser aplicado em ações do grupo ADEO, cuja “valorização foi de 8,02% no último ano” e tem crescido “acima dos 6%” nos últimos três anos. Em alternativa, os colaboradores podem podem comprar um produto financeiro disponível. “A esmagadora maioria da equipa AKI opta por se tornar acionista do grupo onde trabalha. Em 2015, 94% dos colaboradores preferiu esta solução”, explica em comunicado a cadeia de bricolage. Um dos objetivos deste processo é converter, a curto prazo, “100% dos colaboradores em donos da empresa”.

A cadeia seque um plano de expansão em Portugal, orçamentado em 100 milhões de euros, através do qual pretende duplicar o parque de lojas até 2020, abrindo lojas em zonas de influência na ordem dos 20 mil habitantes. Para isso, a empresa estima criar mais de 670 postos de trabalho. Este ano, a insígnia prevê contratar cerca de 100 pessoas.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *