Distribuição Homepage Newsletter

Retalho brasileiro regista quebra histórica em 2015

Por a 16 de Fevereiro de 2016 as 12:08
retalho

retalhoA subida das taxas de juro e a diminuição do rendimento disponível dos consumidores, constituem os dois principais motivos que levaram o comércio a retalho brasileiro a fechar o exercício de 2015 com uma quebra histórica.

As vendas dos retalhistas derraparam 4,3%, a maior quebra desde 2001, quando o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) iniciou as suas análises.

O mês de dezembro, período no qual as vendas tendem a aumentar, registou uma quebra de 2,7% face ao mês anterior. Na comparação com o mesmo mês de 2014, as vendas a retalho caíram 7,1%.

Os hiper e supermercados também registaram resultados abaixo da linha de água no ano passado. As vendas derraparam 2,5%, a maior quebra desde 2003. A queda do rendimento dos trabalhadores e o aumento dos preços dos alimentos, constituem os principais motivos.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *