Homepage Newsletter Produção

Dão está a atrair investimento de produtores do Douro

Por a 10 de Julho de 2018 as 16:37
foto casarioTaboadella

Os produtores de vinho do Douro estão à procura de vinhas no Dão para diversificar o portefólio. O Grupo Amorim, por exemplo, adquiriu recentemente a Quinta da Taboadella, uma propriedade de 50 hectares para começar a produzir vinhos na região do Dão.

O presidente da Comissão Vitivinícola Regional do Dão, Arlindo Cunha, confirmou à Lusa que há produtores do Douro a quererem fazer vinhos na região do Dão, fruto do “aumento da qualidade destes vinhos” nos últimos anos.

No entender de Arlindo Cunha, este sucesso é fruto de um trabalho de “reinvenção” que começou “no início deste milénio” para reagir “à concorrência que o Dão não tinha no segmento dos vinhos maduros tintos, até à entrada de Portugal na União Europeia, quando outras regiões como o Alentejo começaram a produzir vinho com os fundos comunitários”.

A quantidade de vinho da região demarcada do Dão certificado “aumentou, nos últimos cinco anos, 46,2%, o que significa que o mercado está a absorver e a procurar mais vinho do Dão”, disse.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *