Destaque Destaque Homepage FMCG Homepage Newsletter

Unicer passa a Super Bock Group para “ganhar escala global”

Por a 13 de Novembro de 2017 as 15:26
Rui Lopes Ferreira, presidente executivo do Super Bock Group
Rui Lopes Ferreira, presidente executivo do Super Bock Group

A Unicer mudou de nome para Super Bock Group, entrando assim numa nova fase da sua história, na qual pretende “ganhar escala global e sustentar o desenvolvimento de novos produtos”.

O novo posicionamento visa “potenciar o reconhecimento a nível internacional do grupo”, alicerçado na marca mais importante para o seu negócio – a Super Bock, marca que muitas vezes empresta o nome ao grupo, “sobretudo quando se trata de identificar a empresa no exterior”, destaca Rui Lopes Ferreira, presidente executivo do grupo, durante a cerimónia de lançamento da nova designação, realizada na sedo do grupo, em Leça do Balio, na passada sexta-feira, dia 10 de novembro. No dia anterior assinalava-se precisamente os 90 anos decorridos desde o registo da marca Super Bock, a 9 de novembro de 1927.

Super Bock representa 4% das exportações portuguesas para a China

A cerveja que comemora este ano 90 anos de existência é atualmente a “cerveja portuguesa mais vendida além-fronteiras”, sendo exportada para mais de 50 países.

A China é “o segundo principal mercado para as vendas da Super Bock, a seguir a Portugal”. A cerveja representa “4% de todas as exportações nacionais para aquele País asiático”, realça o presidente executivo, durante o evento em que estiveram presentes o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e a secretária de estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann, assim como embaixadores da Dinamarca e da China.

A nova identidade visual faz-se acompanhar da assinatura “Portuguese Brewery”, simbolizando as credenciais cervejeiras que estão na origem do grupo, fundado em 1890 com o nome de Companhia União Fabril Portuense (CUFP) e que em 1977 passou a Unicer. Ainda hoje a cerveja é o negócio “core” da empresa, apesar das mudanças de nome e do alargamento à produção e distribuição de águas e sidras.

O novo posicionamento no mercado, mais “próximo e aberto aos mercados internacionais”, não interfere com a estratégia multimarca do grupo, na qual se inserem, além da cerveja, as marcas Água das Pedras, Vitalis ou Somersby, garante Rui Lopes Ferreira. No último ano, o Super Bock Group atingiu uma receita de 451 milhões de euros.

*Leia mais sobre este tema na próxima edição impressa do HIPERSUPER

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *