Homepage Logística Newsletter

Estudante portuguesa desenvolve embalagem que prolonga validade de pão

Por a 20 de Outubro de 2017 as 17:54
pão_broa

Eliana Silva, aluna da Escola Superior de Biotecnologia (ESB) da Universidade Católica do Porto, criou uma embalagem que promete alargar a data de validade do pão tradicional sem recurso a conservantes.

A fórmula ativa da embalagem faz com que “liberte lentamente doses baixas de uma substância [etanol sob um suporte mineral] que permite o prolongamento da ‘vida de prateleira’ (shelf life) do pão ao impedir o aparecimento de bolor durante cinco dias”.

A aluna de mestrado em Biotecnologia e Inovação preparou a substância em parceria com uma empresa japonesa. Para o teste foi utilizada a receite de pão tradicional da avô da investigadora da Escola Superior de Biologia (ESB) que orientou a aluna no seu trabalho. O processo garantiu o prolongamento da validade do “pão d’avó” de “forma saudável e nutritiva”.

A experiência realizou-se no Kitchen Lab, cozinha-laboratório da ESB. Já os testes de “vida de prateleira” foram realizados nos laboratórios do CINATE, da ESB, onde se investigam materiais e sistemas de embalagens.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *