FMCG Homepage Newsletter

Imposto sobre a cerveja, licores e bebidas espirituosas volta a subir

Por a 12 de Outubro de 2017 as 10:51
cerveja_2

O imposto sobre a cerveja, as bebidas espirituosas e os vinhos licorosos vai voltar a subir em 2018, cerca de 1,5%, quando este ano o aumento foi de 3%, segundo uma proposta preliminar do Orçamento de Estado (OE) à qual a agência Lusa teve acesso.

De acordo com esta versão, datada de 10 de outubro, as cervejas vão passar a pagar um imposto que começa nos 8,34 euros por hectolitro para os volumes de álcool mais baixos e que vai até aos 29,30 euros por hectolitro no caso dos volumes de álcool mais elevados. Face ao OE 2017, o imposto sobre a cerveja aumenta 1,5%.

No caso das bebidas espirituosas, nas quais se inclui gin e vodka, por exemplo, a taxa de imposto vai sofrer um aumento de 1,4%, passando dos  atuais 1.367,78 euros por hectolitro para os 1.386,93 euros por hectolitro em 2018.

A taxa de imposto aplicável aos vinhos licorosos, por sua vez, aumenta de 75,05 euros por hectolitro para 76,1 euros, uma subida de 1,4%.

Por sua vez, as bebidas fermentadas, como os espumantes, vão pagar um imposto de 10,44 euros por hectolitro, um aumento de 1,4% face aos 10,30 euros por hectolitro durante 2017.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *