Destaque Distribuição Homepage Newsletter Ponto de Venda

Carteira digital. “Uma solução para todos os cenários de pagamento”

Por a 4 de Fevereiro de 2016 as 17:27
SEQR App_II

SEQR App_IIA aplicação de ‘mobile wallet’ SEQR já conquistou 500 pontos de venda em Portugal e ambiciona alcançar as 2.000 lojas no final do primeiro trimestre do presente ano. A ‘app’ que permite realizar pagamentos com o smartphone pertence à empresa Seamless, presente em 30 países com soluções de carregamentos para telemóvel e produtos digitais através da sua plataforma global que liga entidades financeiras, empresas ligadas ao setor das telecomunicações, pontos de venda e utilizadores finais.

O SEQR nasce como um “novo e inovador produto – uma aplicação” –  que tira partido da plataforma de comunicação da casa mãe “no sentido de oferecer um conjunto de serviços disponibilizados através da sua carteira digital, onde é possível ligar diretamente e sem intermediários as contas bancárias dos utilizadores e, dessa forma, efetuar pagamentos nos mais variados locais, como lojas, máquinas de vending, parques de estacionamento, ginásios e nos canais online, entre muitos outros”, explica em entrevista ao HIPERSUPER João Pedro Duarte, country manager da SEQR Portugal.

Que mais-valias e diferenciação trouxe a aplicação ao mercado português? “Uma das principais diferenciações que o sistema de pagamento proporciona é o facto de estar diretamente associado a qualquer conta bancária e funcionar de forma totalmente independente da tradicional infraestrutura de cartões bancários existente. Este fator traz muitas vantagens para o mercado”, explica o responsável. Para o comerciante o benefício passa sobretudo pela poupança. “A aplicação oferece um custo bastante inferior ao que é aplicado atualmente ao lojista quando um cliente paga com cartão de débito ou crédito. O custo das transações levadas a cabo com cartão tem um peso elevado no comércio e a solução pretende reduzir e, em alguns casos, anular esse custo” quando os pagamentos são realizados através da sua carteira digital.

As vantagens para o utilizador final, por sua vez, passam sobretudo pela oferta de soluções costumizadas e de prémios de incentivo à utilização da solução de pagamento. “Para o consumidor, o sistema totalmente gratuito premeia e incentiva a sua utilização, quer seja através de um modelo de ‘cash back’ que varia entre 1 a 3% do valor gasto em compras, como também através de ofertas específicas desenvolvidas para cada um dos comerciantes e em conjunto com eles”. A aplicação permite ainda aos utilizadores realizar transferências entre as suas contas bancárias sem custos adicionais. A meta é “banalizar as transferências diárias que os utilizadores sentem necessidade de fazer, mas não têm como fazê-lo de forma rápida, acessível e segura”.

Comprar através de anúncios

João Pedro Duarte, country manager da SEQR Portugal

João Pedro Duarte, country manager da SEQR Portugal

A “mobile wallet” permite realizar todos os pagamentos através da sua ‘app’, depois de o utilizador fazer o ‘download’ da aplicação, efetuar o registo e associar uma conta bancária à sua carteira. Após estes passos, em dois minutos já se podem realizar pagamentos.

“O SEQR pode ser utilizado nos mais variados cenários de pagamento. Numa loja física existe um ‘QR Code’ perto da caixa registadora. No momento do pagamento, o utilizador tem de ler o código bidimensional ou, se o seu telemóvel permitir, aproximar o dispositivo de um terminal com tecnologia NFC [comunicação por campo de proximidade], colocar o pin a aprovar o pagamento. Se for um restaurante com serviço de mesa, o QR Code pode ir impresso na consulta de mesa e, desta forma, o utilizador não tem de se levantar, basta que faça a leitura do código de realidade aumentada impresso. Além das lojas físicas, pode ser utilizado em bombas de gasolina, parques de estacionamento e máquinas de vending. Já no canal digital, é possível utilizar a solução de pagamento em lojas online ou diretamente através de aplicações móveis de terceiros”.

A aplicação permite ainda realizar compras diretamente através de anúncios publicitários, em meios como redes sociais, outdoors e revistas, através da disponibilização de um ‘QR Code’ junto ao produto que está a ser promovido. “O utilizador apenas tem de ler o código e confirmar a compra. É-lhe pedido que confirme os dados de entrega e receberá o produto comodamente em casa nos próximos dias”.

Facilitar a vida dos consumidores é a filosofia que está na base da criação desta solução que permite ainda traçar o histórico do cliente, para que possa receber no seu ‘smartphone’ promoções exclusivas e tirar partido direto dos programas de fidelização disponíveis nas lojas onde habitualmente compra. “O objetivo final é ter apenas uma solução para todos os cenários de pagamento, e não ter uma ‘app’ diferente para cada vez que vamos a um restaurante ou a um parque de estacionamento. O SEQR permite centralizar todos os pagamentos apenas numa única aplicação”.

Sem custo inicial para comércio

No primeiro ano de atividade em Portugal, o trabalho foi de “consolidação” da solução como meio de pagamento em lojas físicas, lojas online, aplicações de estacionamento, faturas em papel e compras através de anúncios publicitários nas redes sociais, explica João Pedro Duarte.

Em Portugal, a solução de pagamento está presente em vários retalhistas dos mais variados setores. “Na restauração posso mencionar o Grupo Starfoods (Loja das Sopas, Companhia das Sandes, Selfish e Farm), o Grupo Origem, a NataLisboa e o restaurante Chef Cordeiro; no setor da moda, o Grupo Lanidor (Lanidor, QuebraMar, Globe) e a Foreva, a livraria Almedina, o ginásio FitnessUp, as lojas de brinquedos educativos Science4You e, mais recentemente, a aplicação de parques de estacionamento iuPark da ESSE, entre outros.

A adoção desta solução por parte dos retalhistas não acarreta custos. “O SEQR não tem qualquer custo inicial por parte do comércio. Encontramo-nos integrados com grande parte dos software de POS, pelo que qualquer novo comerciante que queira acrescentar este meio de pagamento ao seu estabelecimento apenas tem de nos contactar para tratarmos da instalação”.

Para o próximo ano, a SEQR Portugal ambiciona consolidar a sua presença no mercado nacional, “crescendo significativamente no número de lojas com o sistema de pagamento disponível, assim como fomentando a sua utilização por parte de novos utilizadores e aumentando o fluxo de pagamentos com a aplicação”.

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *