Destaque Distribuição Homepage Newsletter

O ‘online’ como uma ferramenta de internacionalização das empresas portuguesas

Por a 10 de Fevereiro de 2015 as 17:36
online_internet_ecommerce

Duas das maiores plataformas de venda online de moda e de produtos de nutrição desportiva são portuguesas, foram criadas de raiz com a ambição de serem globais e, com menos de uma década de vida, facturam milhões de euros.

“Comecei do zero há sete anos e meio, com uma garagem na Póvoa do Lanhoso, e expandimos rapidamente para toda a Europa, depois para o Brasil e agora vendemos para todo o mundo. Hoje somos mais de 230 pessoas na empresa, temos 14.000 metros quadrados e facturámos mais de 40 milhões de euros”, afirmou à Lusa o fundador da Prozis, uma das maiores plataformas europeias de venda de produtos de nutrição para desportistas.

Miguel Milhão falava à margem de uma iniciativa da Google que hoje decorreu no Porto para apresentar o ‘online’ como uma ferramenta de internacionalização das empresas portuguesas.

Em Guimarães…

Não muito longe da Póvoa do Lanhoso, em Guimarães, nasceu alguns anos depois da Prozis, em 2008, a Farfetch, que vende ‘online’ marcas de moda de luxo de cerca de 300 lojas multimarca de todo o mundo.

“Ainda não somos líderes de mercado porque operamos à escala mundial e há alguns ‘players’ que ainda são maiores do que nós, mas certamente lá chegaremos um dia. Dentro do nosso segmento estaremos no 3.º lugar mundial”, afirmou à agência de notícias, por sua vez, o director de operações globais da Farfetch, Luís Teixeira.

Com um volume de transações no ‘site’ na ordem dos 300 milhões de dólares (cerca de 265 milhões de euros) no ano passado e taxas de crescimento anual “muito próximas dos 100%”, a Farfetch é semelhante ao ‘eBay’, “mas com três grandes diferenças”: apenas vende “produtos de luxo”, selecciona “de forma muito criteriosa” os vendedores que entram no ‘marketplace’ e assume “controlo total sobre a operação”, dando sempre “a cara perante o cliente”, sublinha o responsável.

Atualmente, a Farfetch vende os produtos de cerca de 300 lojas multimarca de luxo distribuídas por todo o mundo, sobretudo na área do vestuário, disponibilizando a cada estação mais de 100 mil referências de mais de 1.500 marcas aos cerca de 420 mil clientes ativos em 170 países.

Actualmente a Farfetch trabalha com lojas de 32 países, desde a União Europeia aos EUA e Brasil, estando em rápida expansão para Tóquio e o Médio Oriente.

 

Um comentário

  1. Pingback: Plataformas digitais e um salto internacional | PORTUGAL INOVADOR

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *