Logística

Gefco com volume de negócios superior a 2,8 mil milhões de euros

Por a 24 de Março de 2010 as 13:01
GEFCO

Com um lucro operacional de 102 milhões de euros, representando 3,5% do volume de negócios em comparação com 3,6% em 2008, o grupo GEFCO manteve o nível de rentabilidade.

Já o volume de negócios, em 2009, caiu 18,3% face a 2008, totalizando 2,888 mil milhões de euros, sobretudo devido ao impacto do abrandamento da produção automóvel global no primeiro semestre de 2009 e, de forma geral, devido a um contexto industrial desfavorável.

Apesar da crise, a manutenção do seu nível de rentabilidade em 2009 foi resultado de várias acções integradas, nomeadamente, a gestão rigorosa de compras e de custos operacionais e um esforço sustentado das forças de vendas em mercados prioritários. Para este resultado contribuiu também a intervenção do estado na recuperação do mercado automóvel da Europa Ocidental, no quarto trimestre, particularmente com o programa de abates.

Em 2009, as regiões estratégicas da Europa Ocidental e de Leste e da América do Sul foram bastante atingidas pela crise. Na Europa Ocidental e de Leste, o volume de negócios chegou aos 278 milhões de euros, menos 19% que em 2008, enquanto na América do Sul, a GEFCO reportou um volume de negócios de 149 milhões de euros, correspondendo a uma quebra de 16% em relação ao ano anterior.

No entanto, a GEFCO teve um excelente desempenho no resto do mundo, particularmente nos países do Magreb e na China, aumentando o volume de negócios em 50% comparativamente a 2008 (15 milhões de euros, em 2009, contra os 10 milhões de euros de 2008).

Já com uma forte presença na Europa Ocidental, Central e de Leste, o grupo GEFCO continua a desenvolver negócios em zonas estratégicas, pretendendo iniciar, em 2010, actividade em dois novos países, Cazaquistão e Bulgária.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *