Homepage Newsletter Ponto de Venda

André Marques da Silva (GMS Store): “Expansão segue para regiões onde a Apple ainda não tem lojas físicas”

Por a 24 de Janeiro de 2023 as 14:00
André Marques da Silva, CEO da cadeia de lojas GMS Store, representante oficial da Apple em Portugal
André Marques da Silva, CEO da cadeia de lojas GMS Store, representante oficial da Apple em Portugal

André Marques da Silva, CEO da cadeia de lojas GMS Store, representante oficial da Apple em Portugal, faz, em entrevista ao Hipersuper, um balanço do ano que terminou e levanta um pouco o véu dos planos da marca para 2023

Quais as principais tendências do mercado de luxo na categoria de telemóveis?

A marca que representamos é uma marca aspiracional, de qualidade de topo, mas a categoria de telemóveis é uma categoria de objetos que consideramos, não de luxo, mas imprescindíveis para o dia a dia do ser humano. As tendências que verificamos são de uma maior utilização de novas tecnologias como o 5G, ou de uma utilização de fotografias e vídeos de maior qualidade para publicações nas redes sociais.

Como correu o ano de 2002 à marca?

Tivemos um ano muito positivo. Após dois anos de incerteza relacionados com a pandemia e, depois, em 2022 a guerra na Europa, terminámos um ano alcançado os nossos objetivos e fomos premiados com o prémio 5 Estrelas e Escolha do Consumidor que distingue a qualidade com que servimos os nossos clientes.

Tendo em conta o atual contexto geopolítico, económico e social, quais as perspetivas para este ano?

Temos plena consciência que vivemos tempos extremamente desafiantes, onde as questões geopolíticas, económicas e sociais impactam de forma significativa o nosso dia a dia. No entanto, temos procurado adaptar a estratégia ao atual cenário, com um planeamento estratégico que diretamente relaciona com aquele que tem sido o panorama político, económico e social vivido, não só em Portugal como no mundo. Deste modo, acredito que tempos de incerteza geram oportunidades e procurando constantemente uma inovação dos nossos métodos de trabalho e naquilo que oferecemos aos nossos clientes, creio que será um ano bastante positivo.

Apesar de termos uma conjuntura incerta, continuamos a ter objetivos ambiciosos, nomeadamente na parte empresarial, com a compra da empresa RHPro, efetivada no ano passado, que nos permite ter uma maior experiência e know how nos serviços empresariais.

Quantas lojas têm atualmente em Portugal?

Atualmente, temos dez lojas físicas e uma loja online.

Têm planos para abrir?

Apesar de este ano ser um ano de consolidação e de renovação de alguns espaços já existentes que queremos remodelar e modernizar para acompanhar as tendências do mercado e do retalho, estamos sempre disponíveis para avaliar novas localizações.

As lojas são próprias ou a expansão é feita no formato de franchising?

Todas as lojas são próprias, bem como a expansão que efetuamos.

Quais os principais critérios para a abertura de novos espaços?

Trabalhamos em conjunto com a Apple para ver quais os espaços elegíveis, sendo que nos critérios, além dos geográficos e dos socioeconómicos, pesa também a presença da marca na região.

Que regiões do país são prioritárias para a expansão da marca?

Neste momento, estão identificadas regiões onde a marca Apple ainda não tem presença de lojas físicas.

Lojas de rua ou em shoppings?

Os critérios para a abertura de lojas não fazem distinção entre shoppings e lojas de rua. Se a localização for melhor na rua, a loja será uma loja de rua, se for num shopping, a loja será aberta num shopping.

Como define o conceito de lojas da marca?

As lojas são em tudo semelhantes a uma loja Apple, onde o cliente tem o ambiente e a experiência da marca. O objetivo é proporcionar a melhor experiência de compra e experimentação em loja de produtos Apple e de produtos do seu ecossistema, acessórios e produtos tecnológicos, bem como uma assistência técnica Apple premium.

Como integram no espaço físico as componentes tecnológicas e digitais?

Todas as lojas estão pensadas para uma integração coerente e fluída entre a tecnologia, a experimentação de produto e o bem-estar dos clientes em loja, com zonas de lazer e zonas de atendimento específicas para que o cliente se sinta confortável e imerso no universo da marca.

Quais as diretrizes internacionais para a abertura de novas lojas em termos de conceito, marketing, exposição de produto?

A Apple tem um papel primordial e muito próximo nas aberturas de loja, sendo as mesmas fruto de uma estreita relação entre a Apple e o Apple Premium Reseller.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *