Destaque Destaque Homepage Homepage Logística Newsletter

Portos do continente movimentaram menos 3,9 milhões de toneladas de carga nos primeiros 11 meses de 2018

Por a 28 de Janeiro de 2019 as 10:12
Porto-de-Sines

Porto-de-SinesOs portos do continente movimentaram, nos primeiros 11 meses de 2018, 84,9 milhões de toneladas de carga, o que representa uma quebra em relação a igual período de 2017 de 3,9 milhões de toneladas, ou seja, de 4,4%, segundo dados revelados pela Autoridade da Mobilidade e dos Transportes.

O porto de Sines, Lisboa e de Leixões foram os que que tiveram maiores quebras. O porto de Sines teve uma descida homóloga de 2,6 milhões de toneladas de carga (-5,6%), o de Lisboa desceu 796 mil toneladas (-7,1%) e o de Leixões registou uma quebra de 469 mil toneladas (-2,6%). Já o porto de Setúbal registou um declínio de 278 mil toneladas de carga (-4,6%).

Os únicos portos a registaram um desempenho positivo foram os de Aveiro e de Faro. O porto de Aveiro registou um crescimento homólogo de 6,2%, enquanto o de Faro obteve uma subida de 74,3%. O porto de Aveiro, com a sua melhor marca de sempre, registou um volume superior a cinco milhões de toneladas.

Em paralelo, o tráfego de contentores registou no mesmo período uma subida de 0,8% em número e de 1,4% no volume de carga.

No segmento de contentores, o volume TEU de Sines aumentou, em termos homólogos, 4,2%, enquanto a subida registada no porto de Leixões foi de 3,3%. O porto de Sines registou a sua melhor marca de sempre em número de unidades e em volume de TEU. Já os restantes portos sofreram quebras. Aqui, o porto de Lisboa destacou-se ao perder 12,6%. O porto de Setúbal registou perdas de 13,2%.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *