Homepage Newsletter Ponto de Venda

Investimento estrangeiro continua a dominar mercado imobiliário

Por a 11 de Julho de 2016 as 17:17
AlgarveShopping

A Cushman & Wakefield foi responsável por 52% do volume de negócios de investimento em Portugal nos primeiros seis meses do ano. No último semestre, no total, foram transacionados 903 milhões de euros, dos quais 475 milhões foram de operações em que a consultora atuou em nome dos vendedores.

Destaca-se a venda do Office Park Expo, da Torre A das Torres de Lisboa, dos centros comerciais AlgarveShopping e Estação Viana, entre outros. O volume médio por negócio feito pela consultora imobiliária foi de 95 milhões de euros, mais do dobro do valor deste indicador para todo o mercado, que se cifrou em 43 milhões.

“A atratividade do mercado de investimento imobiliário português deve-se muito ao crescente fluxo de capitais que tem vindo a ser alocado ao setor por parte de investidores das mais diversas origens e tipos. Portugal em particular tem vindo a revelar-se cada vez mais atrativo para os investidores estrangeiros, que reconhecem desta forma a qualidade e rentabilidade que os ativos imobiliários nacionais oferecem”, sublinha Luís Rocha Antunes, partner e diretor de Capital Markets.

O investimento estrangeiro continuou a dominar o mercado, representando 94% da atividade de investimento imobiliário em Portugal no primeiro semestre do ano. Entre as transações nas quais a consultora esteve envolvida, o peso do investimento estrangeiro foi mais significativo e apenas 3% do capital teve origem nacional.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *