Distribuição Homepage Newsletter

Governo promete apoio financeiro adicional ao setor de leite dos Açores

Por a 2 de Maio de 2016 as 14:03
leite

leiteO primeiro-ministro António Costa, em visita aos Açores, garantiu aos produtores de leite que os subsídios de apoio ao investimento no setor não serão contabilizados nas contribuições para a Segurança Social. Além disso, prometeu “defender um envelope financeiro adicional” junto da União Europeia.

O primeiro-ministro português esteve nos últimos dias nos Açores, onde assinou uma declaração conjunta com o presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, segundo a agência Lusa. O Governo compromete-se com este documento a “defender junto das instituições europeias a criação de um envelope financeiro adicional”, no âmbito do programa POSEI, destinado às regiões europeias ultraperiféricas, para apoiar o setor de leite nos Açores.

Além de representarem “30% da produção nacional”, os produtores de leite da região autónoma são dos que mais riscos correm com a crise que se abate sobre o setor, pelo peso que esta atividade tem na economia açoriana. “Em caso de falência, existem poucas alternativas, comparando com as restantes zonas europeias”, defendeu Jorge Rita, presidente da Federação Agrícola dos Açores, em reunião com António Costa.

O primeiro-ministro garantiu ainda a isenção dos subsídios que os produtores recebem para as contribuições para a Segurança Social, medida que o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, garantiu já estar aprovada, no passado dia 19 de abril no Parlamento, quer para o setor de leite como para o de suinicultura, a nível nacional, de acordo com a SIC. Na mesma sessão, o ministro revelou ainda novas linhas de crédito para estes setores, no montante de 20 milhões de euros.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *