Destaque Destaque Homepage Homepage Logística Newsletter

CTT testa drones em Lisboa para distribuição de pequena mercadoria

Por a 18 de Maio de 2017 as 12:55
drone em lx

Os CTT – Correios de Portugal realizou, durante três dias, testes para entrega de correio por drone. A experiência, organizada pela startup Connect Robotics, foi testada num percurso de três quilómetros, feito em cerca de sete minutos.

O Centro de Distribuições dos CTT foi o ponto de partida da operação, que terminou na sede da empresa, no Parque das Nações. Por se tratar de uma área controlada pelo Aeroporto Humberto Delgado, o voo teve uma altitude de apenas 30 metros.

“O serviço é uma mais valia para a distribuição de cartas ou encomendas. Um drone é mais rápido, mais silencioso, menos dispendioso e ninguém tem de perder tempo para se deslocar. Acreditamos que este será o método mais utilizado para a distribuição de pequena mercadoria, no futuro”, afirma Eduardo Mendes, CEO da Connect Robotics.

Depois do sucesso da Marmita Voadora – projeto realizado com a Santa Casa da Misericórdia e a Câmara Municipal de Penela –   que entregou refeições ao último habitante da aldeia de Podentinhos, a Connect Robotics demonstrou o seu serviço de entregas por drones à empresa postal. O potencial e a viabilidade da tecnologia estão já em análise pelos decisores da empresa que distribui correspondência por todo o País.

Os ensaios com o drone, equipamento desenvolvido pela empresa portuguesa SleekLab, contaram com a autorização da Autoridade Nacional de Aviação Civil.

Incubada no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (www.uptec.up.pt), a Connect Robotics já recebeu apoio do Centro de Incubação de Empresas da Agência Espacial Europeia (ESA BIC Portugal) e do projeto europeu FIWARE (através aceleradora SOUL-FI).

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *