Homepage Newsletter Produção Tecnologia

Epson lança nova gama de robôs industriais. Grupo quer investir €50 milhões na Europa

Por a 2 de Junho de 2016 as 12:17
image003

image00330 anos depois de lançar o primeiro robô de montagem de precisão, o grupo Epson anuncia o lançamento mundial da nova geração de robôs com o novo sensor de alta precisão S-250 para o setor da robótica industrial.

A empresa de inovação e desenvolvimento de equipamentos de impressão, comunicação visual e soluções destinadas a mercados profissionais, domésticos e industriais acolheu esta quarta-feita, dia 1 de junho, um evento na sua sede na Alemanha, onde deu a conhecer a nova tecnologia.

“O novo sensor S-250 integrado nos robôs N-series e SCARA vai permitir modular automaticamente a força que as máquinas aplicam sobre os objetos, permitindo automatizar tarefas que até ao momento requeriam intervenção humana”, explica Adrian Clark, vice-presidente de Professional Solutions da Epson Europe. A nova gama de produtos garante uma poupança energética de “80% em relação à gama anterior”.

O grupo pretende concretizar até 2017 um investimento de 50 milhões de euros na Europa, para aumentar as vendas em 25% e alcançar um retorno de 2 000 milhões de euros em 2020, apostando na infraestrutura e nas equipas. “Estamos a realizar uma mudança estratégica na Europa que passa por focarmo-nos no mercado empresarial por isso, para garantir o nosso crescimento, este investimento destina-se principalmente a melhorar as infraestruturas do grupo, sistemas TI, marketing, contemplando um aumento de pessoal a 10%”, revelou o presidente mundial do grupo, Minori Usui, durante  evento.

Atualmente, cerca de 55 000 robôs  da empresa são utilizados em todo o mundo, principalmente em tarefas relacionadas com a eletrónica e os setores automóvel, alimentação e indústria farmacêutica.

Entre os objetivos para o futuro está também o desenvolvimento de um robô de braço duplo, “tecnologia que será utilizada como base para criar robôs avançados que poderão servir em indústrias de não-fabrico, como os serviços de saúde”. O grupo pretende ainda “reduzir em 90% das emissões geradas durante o ciclo de vida dos seus produtos no ano de 2050”.

A robótica industrial constitui-se como uma das principais áreas de inovação da Epson, juntamente com o desenvolvimento de impressoras de injeção de tinta “amigas do ambiente”, sistemas de projeção e tecnologia ‘wearable’.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *