FMCG Homepage Marcas Newsletter

As apostas das principais empresas de congelados

Por a 17 de Junho de 2015 as 12:00
congelado


vegetais congeladosO Hipersuper falou com alguns dos principais operadores do mercado de congelados e dá conta das suas principais apostas para este ano. Fique a par

EQUANTO

A Equanto comercializa refeições prontas e congelados, desde componentes de refeição, como ‘nuggets’, ‘cordon bleu’, hambúrgueres, pizzas, marisco, peixes, frutas, sobremesas, a refeições prontas de carne, peixe e vegetais, e vários produtos preparados e vocacionados para segmentos específicos de consumidores vegetarianos. “Todos os produtos estão diretamente direcionados para a temática de produtos saudáveis”, explica ao Hipersuper Daniel Reis, da Direção Comercial da Equanto.

“O benefício da conveniência deste tipo de oferta – pronto a consumir, dosagem adequada, diversidade de escolha – aliada aos atributos diferenciadores dos alimentos biológicos, mais seguros, certificados e nutricionalmente mais exigentes, tem contribuído para o nosso crescimento”.

O esforço de inovação do portefólio de produtos, o investimento numa maior aproximação ao consumidor, particularmente através do reforço de ações em loja e melhorias no packaging, nomeadamente melhorar e enriquecer a informação sobre os produtos, realçar os dados nutricionais de gordura, colesterol, sódio, fibra, açúcar e proteínas, são as linhas estratégicas da Equanto para este ano.

 

congeladoIGLO

Este é um ano de renovação para a marca – nova imagem, nova assinatura e nova comunicação. “Reforçar a imagem enquanto marca de alimentação, que oferece produtos para diferentes ocasiões e públicos-alvo”, é o objetivo, explica Marta Nicolau, Brand Manager. “Os consumidores conhecem a Iglo como a marca de referência em congelados há mais de 40 anos – mas muitas vezes conhecem apenas dois ou três produtos, como os Douradinhos do Capitão Iglo. Mas a marca tem muitos produtos que se dirigem a um público adulto e para toda a família, não apenas para crianças”.

Por isso, este ano vai apostar forte no plano de comunicação e lançamentos na área de adultos, com os Crocantes de Frango recheados e os novos Filetes Primavera. “Lançamos também novas variedades de Douradinhos de peixe e ‘Nuggets’ de Frango, com cereais integrais. Finalmente, voltamos a investir na área de hambúrgueres com o segundo ano de apoio aos ‘Big Burgers’ e o lançamento de um ‘Big Burger’ de Vegetais. Todos estes lançamentos e a comunicação de suporte ajudam a renovar a imagem da marca e alargam a oferta, que cada vez mais se dirige a um público alargado e exigente nas suas escolhas de alimentação”.

MONLIZ

A Monliz opera, maioritariamente, no mercado de legumes e frutas congeladas. Com a sua marca, a presença do retalho é praticamente inexistente, mas fabrica algumas das marcas da distribuição. “Através das marcas da distribuição com as quais mantemos parcerias podemos apresentar soluções inovadoras para os consumidores e auxiliar nos seus planos de comunicação”, explica Isabel Martins, diretora comercial da Monliz. “No retalho, as marcas da distribuição são cada vez mais fortes em relação às marcas dos produtores, pelo que terão um papel a desempenhar no futuro do setor”.

 

PANIDOR

Durante muitos anos, a atuação da Panidor centrou-se na oferta de produtos de padaria e pastelaria congelada ao canal horeca e grande distribuição. Atualmente está presente em praticamente todo o país e em quase todas as insígnias. “Mas é impossível não estar neste mercado, com um atuação de contínua inovação, sem diversificar e, por isso, nos últimos anos temos trabalhado para levar a nossa marca ‘Homemade Moments’ até ao mercado, explica Mirian Gomes, Responsável de Marketing da Panidor. “Queremos satisfazer as necessidades de conveniência dos consumidores, e queremos fazê-lo com produtos de valor acrescentado e diferenciadores. O pastel de nata, o bolo de arroz, os pães sortidos para preparar em minutos antes do pequeno-almoço ou o ‘nata de bacalhau’, para surpreender numa refeição, pretendem ser uma oferta diferenciadora no mercado”.

O trabalho de comunicação da marca está atualmente centrado nas feiras nacionais e internacionais, com apresentação dos produtos e da marca, em meios especializados e ainda em ações cirúrgicas de degustação com clientes. “Só quando o produto estiver no linear de forma massiva é que podemos passar para uma segunda fase da comunicação, ao consumidor”.

 

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *