Distribuição Homepage Newsletter

“Minipreço tinha em Setembro 291 franquias em Portugal”

Por a 7 de Janeiro de 2015 as 16:17
minipreco

A cadeia de supermercados Minipreço levou mil empresários à falência em Portugal, dá conta uma notícia do Jornal de Notícias.

A denúnia da Associação dos Franquiados e Ex-Franquiados do Minipreço (AFEDA) revela que o principal motivo das falências é o “dumping que ocorre todos os dias em centenas de lojas do País”.

Em resposta à notícia, o Grupo DIA Portugal, que detém a cadeia Minipreço em Portugal, enviou um comunicado às redacções a desmentir a Associação. “Nunca em Portugal, a DIA teve 1.000 franquias (Minipreço) pelo que é impossível a afirmação que refere o diário da falência de 1.000 lojas”.

A nota revela ainda que “em Setembro de 2014, os últimos dados publicados, a DIA Portugal contava com uma rede de 636 lojas Minipreço, das quais 291 são franquias. O número de franquias tem vindo a aumentar anualmente (em 2011 eram 208), o que demonstra a aposta da empresa neste modelo de negócio que se tem mostrado rentável para ambas as partes, franqueador e franqueado, e é um grande gerador de emprego (2.100 postos de trabalho em Portugal) e gerador de riqueza no País”.

A cadeia garante ainda nunca ter sido “condenada por qualquer Tribunal em questões relacionadas com as franquias, como refere o meio em questão”.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *