Destaque Destaque Homepage Homepage Newsletter Produção

Adega do Cartaxo assinala 70 anos com 1954 garrafas de um tinto especial

Por a 15 de Maio de 2024 as 18:21

A primeira reunião para se pensar na génese de uma adega cooperativa no Cartaxo remonta ao ano de 1951, mas a sua criação oficial viria a acontecer quatro anos mais tarde, a 5 de maio de 1954. Passaram então sete décadas de história e de muitas estórias.

O Adega do Cartaxo 70 Anos – Edição Comemorativa (1954-2024) é apresentado como um tinto especial, que resulta de um blend das melhores barricas da colheita de 2015 – com estágio de 12 meses em carvalho francês com grão extrafino –, selecionadas pelo enólogo Pedro Gil de entre as que se destinavam aos vinhos Desalmado, Bridão Reserva, Bridão Private Collection, Bridão Alicante Bouschet, Bridão Touriga Nacional e Bridão Trincadeira. É, por isso, um vinho com uma grande panóplia de castas: Touriga Nacional, Alicante Bouschet, Trincadeira, Cabernet Sauvignon, Merlot, Syrah e Tinta Roriz. As uvas foram totalmente desengaçadas, esmagadas e sujeitas a uma maceração prolongada durante cinco dias, com controlo de temperatura de fermentação a 25.ºC.

Com forte conhecimento da região e do Portugal vinícola, a equipa de enologia e a administração da Adega do Cartaxo estão convictos que é no Cartaxo que se encontram as uvas mais equilibradas do país – ao nível da acidez, o que é um fator chave para a criação de vinhos de elevada qualidade e potencial de guarda, como é o caso deste: produzido em 2015 e engarrafado em 2017.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *