Destaque Destaque Homepage Exportação Homepage Newsletter

Exportações de vinhos portugueses atingiram 212 milhões de euro no primeiro trimestre

Por a 14 de Maio de 2024 as 14:26
Vinho

No primeiro trimestre deste ano, as exportações de vinhos portugueses atingiram 212 milhões de euros. Foram exportados 74 milhões de litros em volume, com um preço médio de 2,85€/litro, revela a ViniPortugal.

Comparativamente ao mesmo período de 2023, estes resultados significam um pequeno crescimento em valor, +0,01%, e um crescimento do preço médio de 2,20%, mas, por outro lado, indicam um decréscimo em volume de 2,14%, refere ainda a associação interprofissional do vinho num comunicado a que o Hipersuper teve acesso.

“Durante os primeiros três meses do ano verificamos uma tendência de subida do valor médio, criando um impacto positivo no valor total das exportações. É inegável o papel que as exportações de vinho português têm tido no aumento da visibilidade e reputação de Portugal enquanto produtor de referência”, destaca Frederico Falcão, presidente da ViniPortugal.

França como principal mercado

França, com 24,8 milhões de euros, os Estados Unidos da América, com 23,7 milhões e o Brasil, com 18,3 milhões, foram os mercados externos que mais importaram, em valor, vinhos portugueses no primeiro trimestre deste ano.

Em relação ao volume exportado, França mantém a posição de liderança (oito milhões de litros), seguido Angola (6,6 milhões de litros) e do Brasil (seis milhões de litros).

Já quanto ao preço médio, e em comparação com o mesmo período de 2023, os Países Baixos são o mercado com melhor performance, com um aumento de 32,93%, informa a ViniPortugal.

Frederico Falcão sublinha que nos últimos anos, “as exportações de vinhos portugueses têm demonstrado uma resiliência constante, impulsionada pela qualidade dos produtos, pela eficiência das estratégias de marketing e pela expansão dos canais de distribuição”.

A associação destaca ainda de forma positiva, o mercado da China, com um valor de dois milhões de euros (+12,13% em relação ao primeiro trimestre de 2023), que depois de vários anos em queda, mostra, durante o primeiro trimestre de 2024, uma tendência de recuperação.

O presidente da ViniPortugal assegura que o objetivo dos vinhos portugueses é continuar a crescer nos mercados externos, “trazendo sustentabilidade económica ao sector e contribuindo para a promoção da cultura e do património vitivinícola do país a nível global”.

A ViniPortugal tem como missão promover a imagem de Portugal enquanto produtor de vinhos por excelência, valorizando a marca ‘Vinhos de Portugal/Wines of Portugal’, contribuindo para um crescimento sustentado do volume e do preço médio dos vinhos portugueses. São associados-fundadores de organização, as associações profissionais ACIBEV, ANCEVE e AND (em representação do comércio), CAP, FENADEGAS, FENAVI e FEVIPOR (em representação da produção) e ANDOVI (em representação de regiões demarcadas).

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *