FMCG Homepage Newsletter Sustentabilidade

Nestlé líder mundial em sustentabilidade na produção de café segundo o Coffee Brew Index de 2023

Por a 3 de Outubro de 2023 as 10:12
Nestlé

A Nestlé foi considerada a empresa líder mundial em sustentabilidade na indústria do café, de acordo com o novo Coffee Brew Index de 2023. Divulgado no Coffee Barometer, o relatório que analisou a estratégia de sustentabilidade dos onze maiores torrefatores mundiais, reconhece à Nestlé uma abordagem coesa e abrangente no que respeita às práticas de sustentabilidade na cadeia de valor deste produto. Em destaque estiveram os aspetos sociais, ambientais e económicos que a Nestlé incorpora nos seus objetivos de desenvolvimento desta categoria, com investimentos sustentados ao longo dos anos.

“Este é um reconhecimento do nosso compromisso de longo prazo com a sustentabilidade do café. Através dos nossos principais programas, o Nescafé Plan e o Nespresso AAA Qualidade Sustentável™, trabalhamos diariamente com os cafeicultores para garantir que o cultivo e a produção de café sejam sustentáveis, social e economicamente, bem como inclusivos. Estamos comprometidos em progredir e em trazer novas abordagens para o cultivo sustentável de café.” sublinha David Rennie, head of coffee brands da Nestlé, em comunicado.

Também em Portugal, onde o café é uma das principais categorias da empresa, o trabalho em prol da sustentabilidade da cadeia de valor tem dado um forte contributo para os objetivos globais. A fábrica no Porto, totalmente dedicada à produção de cafés torrados, sob as marcas locais Buondi, Sical, Tofa e Christina e as marcas internacionais Nescafé e Starbucks, todo o café verde transformado nesta fábrica é 100% proveniente de origens responsáveis. Esta origem significa ainda que a Nestlé conhece, em detalhe, os diversos grupos de cafeicultores que fornecem esta matéria-prima, também ela certificada num conjunto de aspetos sociais, ambientais e económicos que criam e partilham valor com estas comunidades, tornando-as mais resilientes.

Este trabalho junto das comunidades está ainda alicerçado no compromisso da companhia em garantir que até 2030 50% do café seja proveniente de práticas agrícolas regenerativas dos solos.

O estudo Coffee Brew Index de 2023 é apoiado pela Solidaridad and Conservation International e é coordenado pela Ethos Agriculture.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *