Edição digital
PUB
Quinta Vale D. Maria

Quinta Vale D. Maria 2021

Bebidas

Quinta Vale D. Maria lança Douro Superior branco 2021

A Quinta Vale D. Maria é reconhecida nacional e internacionalmente pela qualidade e consistência dos seus vinhos que espelham a essência do Douro e lança agora o Vale D. Maria […]

Hipersuper
Quinta Vale D. Maria

Quinta Vale D. Maria 2021

Bebidas

Quinta Vale D. Maria lança Douro Superior branco 2021

A Quinta Vale D. Maria é reconhecida nacional e internacionalmente pela qualidade e consistência dos seus vinhos que espelham a essência do Douro e lança agora o Vale D. Maria […]

Hipersuper
Sobre o autor
Hipersuper
Artigos relacionados
Concurso televisivo Mistura Beirão quer revolucionar a arte de fazer bebidas em Portugal
Bebidas
Periquita renova imagem e aposta em nova campanha
Bebidas
45% dos consumidores dizem que o seu poder de compra diminuiu
Consumo
7ª edição do UVVA celebra vinhos verdes e gastronomia em Amarante
Bebidas
“Temos que apostar mais nas marcas portuguesas”
Entrevista
Pedro Pimentel, diretor geral da Centromarca
Empresas europeias familiares de café apelam à prorrogação do prazo de implementação do EUDR
Bebidas
Grupo vimaranense Cães de Pedra adquire a Giovanni Galli
Não Alimentar
Ringana lança novos produtos solares
Não Alimentar
Conde de Vinhó apresenta três novos produtos biológicos
Alimentar
Conde de Vinhó lançou em Santarém três novos produtos biológicos: Queijeta Bio, Kefir Bio e Queijo de Cabra Bio.
Continente com nova campanha de apoio à nossa seleção
Retalho

A Quinta Vale D. Maria é reconhecida nacional e internacionalmente pela qualidade e consistência dos seus vinhos que espelham a essência do Douro e lança agora o Vale D. Maria Douro Superior branco 2021.

Depois do Vale D. Maria Douro Superior tinto 2020, um vinho frutado e intenso, surge agora o Vale D. Maria Douro Superior branco 2021. Com uma cor cítrica límpida e brilhante, este vinho seduz pelo seu carácter aromático, com notas cítricas e de frutos brancos. Em boca, o Vale D. Maria Douro Superior branco 2021 marca pela sua cremosidade e final longo.

PUB

Os vinhos Quinta Vale D. Maria refletem o caráter único do Douro, preservando a identidade das vinhas e respeitando o terroir em que estas se inserem através de uma viticultura sustentável. O cuidado e a emoção com que são criados os vinhos DOC Douro e vinhos do Porto, que integram o seu portfolio, fomentam a partilha de experiências memoráveis.

 

Artigos relacionados
Concurso televisivo Mistura Beirão quer revolucionar a arte de fazer bebidas em Portugal
Bebidas
Periquita renova imagem e aposta em nova campanha
Bebidas
45% dos consumidores dizem que o seu poder de compra diminuiu
Consumo
7ª edição do UVVA celebra vinhos verdes e gastronomia em Amarante
Bebidas
Pedro Pimentel, diretor geral da Centromarca
“Temos que apostar mais nas marcas portuguesas”
Entrevista
Empresas europeias familiares de café apelam à prorrogação do prazo de implementação do EUDR
Bebidas
Grupo vimaranense Cães de Pedra adquire a Giovanni Galli
Não Alimentar
Ringana lança novos produtos solares
Não Alimentar
Conde de Vinhó lançou em Santarém três novos produtos biológicos: Queijeta Bio, Kefir Bio e Queijo de Cabra Bio.
Conde de Vinhó apresenta três novos produtos biológicos
Alimentar
Continente com nova campanha de apoio à nossa seleção
Retalho
PUB
Bebidas

Concurso televisivo Mistura Beirão quer revolucionar a arte de fazer bebidas em Portugal

Arranca este sábado um novo programa que pretende celebrar da arte de fazer bebidas e da criatividade dos bartenders portugueses. ‘Mistura Beirão’, apresentado por Maria Cerqueira Gomes e Rui Simões, […]

Arranca este sábado um novo programa que pretende celebrar da arte de fazer bebidas e da criatividade dos bartenders portugueses. ‘Mistura Beirão’, apresentado por Maria Cerqueira Gomes e Rui Simões, é a a primeira competição de mixologia a ser transmitida em canal aberto e em horário nobre. Desenvolvido em parceria com a TVI/Shine, tem estreia marcada já para este sábado, dia 15, pelas 23h e estará no ar ao longo de cinco semanas.

“É um sonho antigo tornado realidade. Enquanto bebida espirituosa número um em Portugal, sentimos a responsabilidade de promover a formação e informação sobre esta fascinante área da mixologia”, afirma Daniel Redondo, diretor geral do Licor Beirão. “Portugal já fez um excelente percurso a elevar a gastronomia com programas como o Masterchef, pelo que agora é a vez de fazermos o mesmo pela mixologia, revelando os profissionais incríveis que temos em Portugal.”, acrescenta.

Ao longo da temporada, Mistura Beirão receberá vários convidados especiais, incluindo o Chef Carlos Afonso, Leonor Seixas, Isaac Alfaiate, Madalena Brandão, Fernanda Serrano, entre outros, que serão também eles jurados.
No entanto, serão os especialistas da área de mixologia que terão um papel fundamental, ajudando a desvendar os segredos de ingredientes inusitados e técnicas avançadas.

O vencedor terá a possibilidade de participar no prestigiado Curso Avançado de Bartending da European Bartender School, em Nova Iorque.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Bebidas

Periquita renova imagem e aposta em nova campanha

Sob o mote “Moderno desde 1850”, o rebranding e a nova campanha pretendem homenagear os 174 anos de história da marca e reforçar a identidade e posicionamento dos vinhos Periquita. “A marca Periquita é, sem dúvida, a espinha dorsal do portfólio da José Maria da Fonseca” sublinha António Maria Soares Franco.

Periquita, a marca de vinhos mais antiga de Portugal, lançada em 1850, acaba de renovar a sua imagem e lançar uma nova campanha multimeios.
Sob o mote “Moderno desde 1850” o rebranding e a nova campanha pretendem homenagear os 174 anos de história da marca e reforçar a identidade e posicionamento dos vinhos Periquita – que se evidenciam por serem singulares, autênticos e com tradição -, ao mesmo tempo que se honra a sua origem e a terra que lhes dá chão.

No ano em que a José Maria da Fonseca celebra 190 anos e, também numa celebração aos 174 anos de história de Periquita, a produtora de Azeitão surpreende com um rebranding da marca, assinado pela Omdesign, com a nova imagem a lembrar as primeiras edições desta marca, onde é destacado o brasão, as cores e os materiais que reforçam o posicionamento da gama Periquita e enobrecem a mestria da José Maria da Fonseca.

O arco surge mais pronunciado, incorporado no lettering, o que confere à marca uma presença envolvente, acolhedora e mais próxima do seu consumidor. O brasão da Ordem da Torre e Espada, simboliza a distinção atribuída pelo rei D. Pedro V a José Maria da Fonseca em 1856, pelo Valor, Lealdade e Mérito no âmbito da indústria portuguesa. Este brasão é um elemento crucial na marca José Maria da Fonseca e estava presente nas garrafas mais antigas de Periquita. No logótipo, também a origem e fundação ganham mais visibilidade e honram todos aqueles que, ao longos dos anos, cuidam, produzem e se empenham diariamente para dar vida a néctares únicos, que levam e elevam a marca a novos patamares, aqui e além-fronteiras.

“A marca Periquita é, sem dúvida, a espinha dorsal do portfólio da José Maria da Fonseca. É uma marca que tem conseguido adaptar-se ao longo dos anos com uma presença contínua, quer em Portugal como no Mundo. Vendemos para mais de 70 mercados, como o Brasil, Suécia, Estados Unidos, Canadá e toda a Europa, o que faz do Periquita um dos vinhos portugueses mais exportados. Com isto, queríamos desenvolver uma campanha que transmitisse a sua história, o legado e, acima de tudo, que refletisse a capacidade de modernização e evolução do Periquita, desde o seu primeiro dia”, afirma António Maria Soares Franco, Co-CEO da José Maria da Fonseca.

Para Diogo Gama Rocha, fundador e diretor geral da Omdesign, “este rebranding foi um trabalho profundo e cirúrgico de análise detalhada do que foi e é identitário da marca Periquita, desde a sua criação até aos dias de hoje, em todos os mercados em que está presente. Mantivemos e consolidamos a forte ligação que a marca e os seus icónicos produtos têm com o seu consumidor, que atravessa gerações, culturas e continentes, uma vez que é a marca portuguesa mais antiga de vinhos engarrafados. Tornamos, assim, a marca mais contemporânea e ainda mais próxima do seu público. É, para mim e para toda a equipa da Omdesign, uma responsabilidade e, ao mesmo tempo, um enorme motivo de orgulho.”

Com um portefólio de nove referências, a nova imagem de Periquita chega ao mercado em simultâneo com as mais recentes colheitas dos vinhos Periquita Branco e Rosé 2023, Periquita Reserva Branco 2023 e Periquita Reserva tinto 2022.

A acompanhar a nova imagem, é lançada uma campanha que reflete a bagagem histórica desta marca que tem acompanhado gerações ao longo dos tempos, desenvolvida em conjunto com a agência Adagietto.

 

 

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Bebidas

7ª edição do UVVA celebra vinhos verdes e gastronomia em Amarante

A 7º edição do Universo do Vinho Verde Amarante (UVVA) acontece de 14 a 16 de junho, nos Claustros do Convento de São Gonçalo, em Amarante, com um programa centrado no vinho e na região.

Hipersuper

A 7º edição do Universo do Vinho Verde Amarante (UVVA) acontece de 14 a 16 de junho, nos Claustros do Convento de São Gonçalo, em Amarante, com um programa centrado no vinho e na região. Conversas com especialistas e degustações de vinhos premiados, workshops, showcookings de chefs, atuações musicais são lgumas das iniciativas do UVVA deste ano.

Na sexta-feira, dia 14, às 19h30, o showcooking será realizado pelo chef Rui Lemos, vencedor da edição de 2024 do Masterchef Portugal, enquanto no dia. No último dia, domingo, às 21h, o showcooking estará nas mãos dos chefs Jorge Moreira e Miguel Cardoso, do Restaurante Pena, em Amarante.

Já as ‘Conversas sobre o Vinho’, vão ser orientadas por José João Santos, da Revista de Vinhos. ‘Grandes vinhos da casta Avesso’ é o tema da primeira conversa de sexta-feira, às 19h30, seguida da ‘Espumantes e pét-nats dos Verdes’, pelas 22h. No sábado, dia 15, o foco vai estar nos ‘Grandes vinhos da casta Loureiro’ às 19h30 e, posteriormente, nos ‘Rosés e tintos leves dos Verdes’, pelas 22h. No domingo, o tema em destaque será ‘Grandes vinhos da casta Alvarinho’, pelas 18h30.

O UVVA vai voltar a distinguir os melhores vinhos da região, com o painel de especialistas a reunir no dia 14, a partir das 9h30, e os resultados a serem divulgados no sábado, às 19h.

As entradas para a 7ª edição do UVVA podem ser adquiridas online na plataforma 3cket, no endereço.

Criado em 2016, e produzido pelo município de Amarante o UVVA é organizado pela Essência Company com a parceria da Associação de Turismo do Porto e Norte, a Dolmen– Desenvolvimento Local e Regional e o Círculo António do Lago Cerqueira.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Bebidas

Empresas europeias familiares de café apelam à prorrogação do prazo de implementação do EUDR

A Delta Cafés, de Portugal, a Franck, da Croácia, a Joh. Johannson, da Noruega, a Lavazza, da Itália, a Löfbergs, da Suécia, a Neumann Kaffee Gruppe, da Alemanha e a Tchibo, da Alemanha, estão a apelar à prorrogação do prazo de implementação do Regulamento Anti Desflorestação da União Europeia (EUDR).

Hipersuper

A Delta Cafés, de Portugal, a Franck, da Croácia, a Joh. Johannson, da Noruega, a Lavazza, da Itália, a Löfbergs, da Suécia, a Neumann Kaffee Gruppe, da Alemanha e a Tchibo, da Alemanha, membros da International Coffee Partners (ICP), estão a apelar à prorrogação do prazo de implementação do Regulamento Anti Desflorestação da União Europeia (EUDR), para que os pequenos produtores tenham tempo, estruturas e recursos para o cumprirem.

Num comunicado da ICP, estas empresas familiares europeias de café afirmam o seu apoio aos objetivos do EUDR, defendendo que as florestas devem ser protegidas nas regiões de produção de café, mas alertam que o cumprimento da EUDR representa um “grande desafio”.

“É prioritário aumentar a consciencialização sobre o tema nos países produtores, protegendo o ambiente e investindo na reflorestação. A situação dos pequenos produtores de café merece particular atenção, visto estes necessitarem de sistemas de fornecimento, de condições adequadas, de um período de transição apropriado e de recursos financeiros adicionais para cumprir a nova lei”, referem no comunicado.

Risco de exclusão do mercado europeu

As sete empresas familiares europeias do setor do café afirmam que os 12,5 milhões de pequenos produtores de café no mundo, que produzem até 80% do café mundial, dependem da volatilidade dos mercados e estão expostos a riscos climáticos crescentes, ao aumento dos preços de produção e a outros fatores económicos externos. A estes desafios, apresenta-se agora o do cumprimento da EUDR. “Muitos produtores não conseguirão responder a todos os requisitos necessários até ao final de 2024 pelo que, podem ser excluídos do mercado da União Europeia”, alertam.

“Embora a EUDR seja um passo importante para uma produção de café livre de desflorestação, deve também privilegiar os interesses dos pequenos produtores. Caso contrário, a EUDR arrisca-se a reduzir os rendimentos e as quotas de mercado dos pequenos produtores e a aumentar a sua vulnerabilidade à pobreza, impedindo a sua transição para uma agricultura mais sustentável. Para se adaptarem, é provável que os agricultores transfiram a comercialização dos seus produtos para países fora da União Europeia. Estes resultados não contribuem para a redução do risco de desflorestação”, acrescentam.

EUDR obriga a “ investimento inicial significativo”

De acordo com uma avaliação realizada ao grau de preparação no Uganda, uma das regiões do projeto da ICP, esta revelou que os produtores de café do país ainda não estão preparados para cumprir o EUDR. Atualmente, apenas cerca de 10% dos produtores de café do Uganda têm o seu café rastreado. “Para cumprir os requisitos do EUDR, os agricultores ugandeses terão de desenvolver um sistema de rastreabilidade eficaz, que provavelmente exigirá anos de planeamento, aperfeiçoamento e melhoria das competências, bem como um investimento inicial significativo. Além disso, a manutenção desse sistema exigirá recursos financeiros contínuos todos os anos”, sublinha a ICP no comunicado.

As empresas familiares europeias estão, nesse sentido, a sensibilizar para a necessidade de prorrogação do EUDR, integrando uma fase de transição. Defendem o apoio e a criação das estruturas e requisitos e a disponibilização de recursos financeiros para que as famílias de pequenos produtores de café desenvolvam a capacidade técnica e os conhecimentos necessários.

“Esta é a única forma de assegurar uma transição equilibrada das cadeias de abastecimento mais sustentáveis e de travar a desflorestação sem efeitos adversos”, afirmam, acrescentando que o processo de verificação do EUDR deve ser “suficientemente simples e acessível” para que possa ser cumprido pelos pequenos produtores de café. “É necessário tempo, capacidade técnica e recursos para que estes se consigam adaptar e cumprir com os novos requisitos”.

A International Coffee Partners é uma organização sem fins lucrativos formada pelas sete empresas familiares europeias de café e que tem como objectivo contribuir com know-how para estabelecer um setor cafeeiro sustentável em países estratégicos através da implementação de projetos de melhores práticas em comunidades de pequenos produtores de café. Desde 2001, a ICP já atingiu mais de 118 mil famílias de pequenos produtores em 13 países.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Bebidas

Auchan apresenta cerveja feita com sobras de pão para combater desperdício alimentar

A Auchan lançou o desafio e a Cerveja Barona, fabricante de cerveja artesanal do Alentejo, criou a Talego que já salvou 30kg de pão. Esta inovação alimentar já chegou às lojas Auchan.

Hipersuper

A Auchan e a Cerveja Barona acabam de apresentar o mais recente produto que pretende combater o desperdício alimentar: a Cerveja Talego que utiliza, na sua confeção, sobras de pão que já não seria comercializado pela retalhista.

A fabricante de cerveja artesanal do Alentejo, desafiada pela Auchan, criou a Talego – Bread IPA, uma cerveja única que já salvou 30kg de pão.

O nome desta cerveja vem dar destaque ao saco tradicional, feito à mão com retalhos de tecido, utilizado para transportar pão – o talego –, simbolizando a harmonia entre a tradição e a inovação.  Com o estilo English India Pale Ale, a Talego – Bread IPA celebra a riqueza da terra alentejana e a determinação de um povo que nunca desistiu das suas crenças.
No rótulo está presente um QR Code que permite aos clientes aceder à página Auchan&Eu, onde é explicada a toda a temática da redução do desperdício alimentar.

Esta inovação alimentar já chegou às lojas Auchan e vai estar em destaque no palco do Future Taste até 30 de junho, passando depois a estar disponível no corredor das cervejas e bebidas e na loja online .

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Vinhos Código
Bebidas

No Rules Wines quer promover o melhor do Dão e elevar esta região vitivinícola “a um patamar superior”

A No Rules Wines junta trio do Dão: o enólogo Tiago Macena, o empresário António Sousa Martins e o consultor internacional de vinhos, Cláudio Martins.

Hipersuper

Há dois anos no mercado, a No Rules Wines, fundada por António Sousa Martins, Cláudio Martins e Tiago Macena, nasceu com vontade de se distinguir pela irreverência e autenticidade de fazer “vinhos tranquilos do Dão sem regras”, honrando a tradição do Dão, mas procurando “elevar esta região vitivinícola a um patamar superior”.
Este é o terroir base do projeto, que surge com o objetivo principal de “expressar uma enologia que mostre a origem das uvas”, através de um investimento inicial de 1 milhão de euros.
“Temos alguns vinhos menos usuais, tirando partido do potencial enológico da região e da nossa vontade de arriscar em alguns vinhos. A maior parte dos vinhos são DOC Dão, mas também temos vinhos Indicação Geográfica Protegida (IGP), nos quais nos é permitido o trabalho com outras técnicas e castas”, afirma Tiago Macena, em comunicado.Código foi a primeira marca de vinhos apresentado ao mercado, com quatro propostas, entre brancos e tintos, e que em poucos meses, viu esgotado o stock de cerca de 3 mil garrafas de cada referência. Em breve, uma sala de provas, à porta fechada, na adega que a empresa tem em Nelas vai permitir receber entusiastas por experiências vínicas fora da caixa, avança a No Rules Wines.
A aquisição de uma vinha no Douro também está nos planos do trio.

A No Rules Wines foi fundada por António Sousa Martins, Cláudio Martins e Tiago Macena.

Autenticidade, Sustentabilidade e Transparência são os pilares principais da empresa, que já marca presença em alguns mercados internacionais, concretamente em Angola e Reino Unido. Para António Sousa Martins, o objetivo é “continuar a explorar novos mercados” e posicionar a No Rules Wines, com sede em Oliveira do Hospital, entre as melhores do setor vinícola. “Desde a produção de vinhos mais requintados, em poucas quantidades e valores mais elevados, a vinhos ‘simples’ e ‘descomplicados’, a preços mais acessíveis e em maiores volumes, a empresa quer ‘promover o melhor do Dão’”, sublinha
Encruzado, Granius, Origem, Solstício, Bical e Uva Cão são os seis vinhos que fazem parte da marca Código.

Vinhos que “mercado está a absorver de forma extraordinária”

O Código Origem Branco, Solstício e o Granius 22, chegaram ao mercado no segundo semestre 2023 e rapidamente foram absorvidos pelos consumidores. Seguiu-se um monovarietal, o Encruzado 2022, no início de 2023.
Em maio, chegaram ao mercado as novas colheitas (Código Origem Tinto 22 e Origem Branco 23) que “vieram reforçar a oferta para uma procura que o mercado está a absorver de forma extraordinária”, afirma Cláudio Martins.
Para os colecionadores especiais, há uma edição limitada, de seis garrafas.
Em julho, do Código serão lançadas novas colheitas de Bical e Uva Cão e duas novas referências Infusão Subtil e Manifesto.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Bebidas

Douro Wine City celebra o melhor da região vinícola demarcada mais antiga do mundo

O melhor da região vai estar em prova no Douro Wine City até 10 de junho, no Auditório Municipal (AUDIR), no Peso da Régua. O evento, que celebra o vinho da região vinícola demarcada mais antiga do mundo, é organizado pelo município do Peso da Régua, com produção Essência Company.

Hipersuper

O melhor da região vai estar em prova no Douro Wine City até 10 de junho, no Auditório Municipal (AUDIR), no Peso da Régua. O evento, que celebra o vinho da região vinícola demarcada mais antiga do mundo, é organizado pelo município do Peso da Régua, com produção Essência Company.

O programa, que se iniciou esta sexta-feira, convida o público a participar em showcookings de conceituados chefes de cozinha, degustações, e a aprofundar conhecimentos nas ‘Conversas sobre o Vinho’, com Manuel Moreira, sommelier e crítico de vinhos, bem como nas provas de mais de uma centena de produtores de vinho e de produtos regionais presentes no evento.

Criando momentos de partilha e experiência, os diversos showcookings serão realizados nos dias 8, 9 e 10 de junho, às 19h, começando, no sábado, dia 8 de junho, com o chef André Carmo, restaurante Val Moreira, Hotel Vila Galé Douro Vineyards, secundado no dia 9 de junho por Maria do Céu, doceira da região e no dia 10 de junho, com a apresentação do chef Carlos Pires, da The Wine House, Quinta da Pacheca.

No sábado, 8 de junho, a primeira ‘Conversa sobre o Vinho’ mostrará como ‘Duas centenas de castas, algumas são o pilar dos mais prestigiados vinhos do Douro’, às 17h30, e na segunda conversa, às 19h, Manuel Moreira mostrará como ‘O Vinho do Porto Tawny, uma combinação de arte e sensibilidade à prova do tempo’.

No domingo, dia 9 de junho, o convite será ‘Se adora vinho e acha que não sabe provar? Não se acanhe e venha daí’, às 17h30, e o público será convidado por uma viagem na segunda Conversa sobre o Vinho ‘Montanha, vales, encostas, xisto, planaltos, tudo isto é Douro! Tudo isto é Terroir! Descubra alguns vinhos de terroir!’, às 19h.

No Dia de Portugal, segunda-feira, 10 de junho, a conversa gira em torno de ‘A altitude dos vinhos do Douro, descobrir o que os torna únicos’, às 17h30, e a segunda, às 19h, afirma que ‘Douro é origem de grandes vinhos! Os detalhes que fazem a diferença!’.

O evento é de entrada livre, com o horário da restauração e animação a funcionar entre as 16h e as 24h, já os expositores funcionarão entre as 16h e as 20h. A participação nas Conversas Sobre o Vinho e nos Showcooking têm lugares limitados, com inscrição no local.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Bebidas

ECO lança nova garrafa reutilizável de 0.65L

A ECO acaba de lançar a sua nova garrafa reutilizável de 0.65L. A cantora Carolina Deslandes foi escolhida para dar a conhecer esta novidade fazendo, não o seu unboxing, mas sim […]

Hipersuper
tagseco

A ECO acaba de lançar a sua nova garrafa reutilizável de 0.65L.

A cantora Carolina Deslandes foi escolhida para dar a conhecer esta novidade fazendo, não o seu unboxing, mas sim o seu unbottling. De uma forma divertida e descontraída, apresenta todos os formatos – do garrafão de 6L, às garrafas de 3L e de 1.5L – até chegar à nova garrafa de 0.65L, “mais pequena e prática para levar para todo o lado e, porque é reutilizável e enchida nas Fontes ECO, mais leve para o Planeta”.

A nova garrafa reutilizável ECO veio reforçar o portefólio da marca, no seguimento de vários pedidos de clientes por um formato mais pequeno e fácil de transportar, acrescenta a marca.

 

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Bebidas

Ervideira lança o 15º Invisível e celebra mais de um milhão de garrafas deste monocasta

A Ervideira lançou a 15ª edição do seu vinho de maior sucesso. O Invisível, um branco, feito a partir de uvas tintas da casta Aragonez, foi um marco inovador no setor em 2009.

Hipersuper

A Ervideira lançou a 15ª edição do seu vinho de maior sucesso. O Invisível, um branco, feito a partir de uvas tintas, foi um marco inovador no setor em 2009.

Este monocasta elaborado a partir da casta Aragonez, com vindima mecânica e noturna, deu origem a uma nova categoria de vinhos que se consolidou junto dos consumidores e até aos dias de hoje vendeu mais de 1 milhão de garrafas, contando já com 10 milhões de euros no mercado.

“Um milhão de garrafas vendidas em 15 anos é algo de que a Ervideira tem que se orgulhar”, assume Duarte Leal da Costa, diretor executivo da empresa vitivinícola sediada no Alentejo.

Apenas em 2024, o Invisível, da qual a Ervideira produz 125 mil garrafas/ano, representa 400 mil euros de faturação.

Uma das particularidades do Invisível é ser um vinho que pode ser servido a diversas temperaturas e a acompanhar os mais diferentes pratos, permitindo uma enorme versatilidade: desde como welcome drink, até ao acompanhamento de petiscos, pratos de peixe e de carne.

“O Invisível tornou-se um caso de estudo no setor, pois deu origem a um novo estilo de vinho. Este novo estilo não se prende apenas com o facto de ser um ‘blanc de noir’- vinho branco feito a partir de uvas tintas – mas também pela particularidade que traz ao ser um vinho adequado a ser servido e apreciado a uma multiplicidade de temperaturas e em momentos tão diferentes, bem como é um vinho que agrada 100% dos consumidores, o que é um facto extraordinário”, apresenta Duarte Leal da Costa.

Nelson Rolo, enólogo responsável pela produção deste monocasta, sublinha que “um bom vinho, hoje, é um vinho com qualidade, que seja prazeroso, mas que tenha a capacidade de harmonizar com pratos diferentes. Isto é estar atualizado para produzir um vinho versátil”.

O enólogo da Ervideira destaca que o que permite ao Invisível ter esta elasticidade térmica na hora de servir “é a sua casta Aragonez e a tecnologia utilizada no seu processo de criação”. “À semelhança das edições anteriores, a vindima do Invisível é feita à noite, para haver menos luz e temperaturas mais baixas – fatores muito importantes para reduzir a oxidação e anular fermentações indesejadas”, explica.

O Invisível é elaborado com base nos melhores lotes de Aragonez. O mosto é transportado em camião frigorífico até à adega, onde é conduzido por gravidade para uma câmara de frio. Ali permanece a decantar durante 24h a baixas temperaturas. Após esse processo, o mosto é inoculado com leveduras selecionadas e a fermentação decorre a uma temperatura controlada de 12ºC, durante 15dias.

A 15ª edição do Invisível está disponível nos pontos de venda habituais.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Bebidas

Casa Ermelinda Freitas foi a adega mais premiada no Concurso de Vinhos da Península de Setúbal

A Casa Ermelinda Freitas conquistou 11 distinções no XXIII Concurso de Vinhos da Península de Setúbal: Melhor Vinho Branco do Concurso, 3 medalhas de ouro e 7 medalhas de prata. […]

Hipersuper

A Casa Ermelinda Freitas conquistou 11 distinções no XXIII Concurso de Vinhos da Península de Setúbal: Melhor Vinho Branco do Concurso, 3 medalhas de ouro e 7 medalhas de prata.

De destacar a distinção de Melhor Vinho Branco do Concurso e medalha de ouro, atribuída ao Terras do Pó Reserva Branco, os vinhos Casa Ermelinda Freitas Merlot Reserva e o Casa Ermelinda Freitas Touriga Nacional Reserva também conquistaram medalhas de ouro.

Melhor Vinho Branco do Concurso:
– Terras do Pó Reserva Branco 2022

Medalhas de Ouro:
– Terras do Pó Reserva Branco 2022
– Casa Ermelinda Freitas Merlot Reserva 2021
– Casa Ermelinda Freitas Touriga Nacional Reserva 2021

Medalhas de Prata:
– Dona Ermelinda Reserva Branco 2022
– Dona Ermelinda Reserva Tinto 2021
– Casa Ermelinda Freitas Syrah Reserva 2021
– Vinha do Torrão Grande Escolha Tinto 2021
– Casa Ermelinda Freitas Cabernet Sauvignon Reserva 2021
– Casa Ermelinda Freitas Sauvignon Blanc & Verdelho 2023
– Cinha do Torrão Branco 2023

“Estamos perante o melhor ano de sempre, no que toca à conquista de prémios da Casa Ermelinda Freitas. Mais do que um reconhecimento, é um reforço da notoriedade e qualidade da marca a nível nacional e internacional” sublinha em comunicado..

Desde 1999 a Casa Ermelinda Freitas, já obteve mais de 2000 prémios a nível nacional e internacional, prémios estes que servem para reforçar a qualidade que a Casa Ermelinda Freitas procura sempre que faz um vinho, de modo a poder premiar todos os seus amigos e consumidores com os melhores vinhos aos melhores preços, acrescenta.

 

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2023 Hipersuper. Todos os direitos reservados.