Distribuição Homepage Newsletter

CEO da Jerónimo Martins: “A proximidade que Pingo Doce e Continente têm das suas lojas reduz muito a pegada ecológica”

Por a 12 de Maio de 2021 as 14:16
Pedro Soares dos Santos, presidente do conselho de Administração

Pedro Soares dos Santos, presidente do conselho de Administração

Pedro Soares dos Santos, presidente do Conselho de Administração da Jerónimo Martins, chamou a atenção para a importância de as autoridades nacionais e europeias estarem atentas à pegada carbónica dos negócios das gigantes do ecommerce mundial, como a Amazon e o Alibaba, enquanto participava num debate organizado pela Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED).

“Quão sustentáveis serão estes negócios no futuro?, questionou. “Porque a proximidade é sustentável, em termos de CO2. Trabalhar com as operações locais é sustentável. E a pegada carbónica da Amazon? Se estou a receber um produto, por exemplo, de Inglaterra a pegada carbónica é outra, naturalmente. E isto também vai ter impacto. Eles vão sofrer”, afirmou.

Leia também Cláudia Azevedo: “Enquanto cadeia alimentar estamos à frente nos compromissos que assumimos com a sustentabilidade”

“Quando insisti que a Jerónimo Martins tinha que ser uma empresa sustentável e hoje tem 91 índices e tem 33 analistas de sustentabilidade a segui-la permanentemente foi também porque a pressão interna funciona. Para que as pessoas percebam a importância. E a proximidade que o Pingo Doce e o Continente têm das suas lojas reduz muito a pegada”.

“Espero que a União Europeia olhe para isto como um fator muito importante para a competitividade e os governantes também. Por que, se não olharem, não teremos capacidade de intervenção mundial para concorrer com estes operadores mundiais. E temos que ter”, declarou.

2 comentários

  1. F.Fèteira Dias

    18 de Setembro de 2021 at 1:23

    Há anos que ando para escrever isto, mas a inércia não deixou…até hoje. Pouco tempo depois da abertura do Pingo Doce da Silveira era notória a atração que exercia sobre os potenciais clientes. Quando alguma coisa nos falta em casa o que nos vem de imediato à cabeça não é a qualidade e diversidade dos produtos. A primeira motivação no processo de decisão é a simpatia dos homens e mulheres, rapazes e raparigas que trabalham arduamente com uma eficiência e eficácia notáveis. PARABÉNS a eles e a quem os gere.

  2. F.Fèteira Dias

    18 de Setembro de 2021 at 1:22

    Há anos que ando para escrever isto, mas a inércia não deixou…até hoje. Pouco tempo depois da abertura do Pingo Doce da Silveira era notória a atração que exercia sobre os potenciais clientes. Quando alguma coisa nos falta em casa o que nos vem de imediato à cabeça não é a qualidade e diversidade dos produtos. A primeira motivação no processo de decisão é a simpatia dos homens e mulheres, rapazes e raparigas que trabalham arduamente com uma eficiência e eficácia notáveis. PARABÉNS a eles e a quem os gere.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *