Destaque Destaque Homepage Homepage Newsletter Produção

Do online para a loja. “The Bam&Boo” conquista lineares da Well’s

Por a 23 de Março de 2021 as 12:39

Fernando Ribeiro e Nuno Catarino_The Bam & Boo

A marca portuguesa que desenvolveu uma escova de dentes de bambu “The Bam&Boo” nasceu em 2017 com um modelo de negócio exclusivo de subscrição online e home delivery, mas, conquistou, entretanto, os lineares da cadeia de parafarmácias da Sonae, a Well´s, e das mercearias biológicas Maria Granel. Tudo começou a partir de uma conversa entre dois amigos com um objetivo comum: criar um projeto próprio que ligasse duas áreas, a sustentabilidade e o ecommerce. A sustentabilidade foi a grande inspiração para Fernando Ribeiro e Nuno Catarino, cofundadores da The Bam&Boo, que estabeleceram como ponto de partido encontrar soluções para o desperdício realizado pelas marcas convencionais de produtos de higiene oral e, através destas, oferecer um serviço “altamente conveniente”.

Como pretendiam alcançar o maior número de consumidores e interagir com eles diretamente, sem restrições físicas, a opção inicial passou pelo lançamento de um negócio de subscrição online com entregas ao domicílio. Mais tarde, passaram a oferecer a possibilidade de compra única para a maioria dos produtos disponíveis no site e perceberam o potencial das lojas físicas para o crescimento da marca.

Assim, com um investimento inicial de 50 mil euros, através de capitais próprios, nasceu a empresa e a primeira escova de dentes de bambu comercializada online por uma empresa portuguesa. O primeiro produto desenvolvido pela The Bam&Boo é ainda hoje o best seller da empresa.

“Tem sido uma experiência indiscritível”, descreve Fernando Ribeiro, cofundador da The Bam&Boo em entrevista ao Hipersuper. “Desde 2017 que temos tido uma ótima recetividade por parte da nossa comunidade. A escova de dentes de bambu foi o primeiro lançamento da marca, com a qual atingimos o ‘WOW factor’ pretendido e que nos permitiu um excelente crescimento na primeira fase do negócio. Hoje em dia, contamos já com cerca de 80 mil seguidores no Instagram, uma grande diversidade de artigos e uma equipa extraordinária que nos permite continuar a servir os nossos clientes em mais de 60 países”. A escova é produzida na China, onde a planta de bambu cresce naturalmente sem recurso a químicos, e onde se encontram as suas maiores reservas.

Da escova de dentes de bambu à constituição de uma gama alargada de produtos de higiene oral “ecológica e biodegradável” foi um passo. A recetividade da escova de dentes dentro e fora de portas levou à ampliação do portefólio com o lançamento de fio dentário, suportes para escovas de dentes, estojos de viagem e outros artigos, como cotonetes, palhinhas e sacos de pano. No final do ano passado, lançaram a primeira pasta de dentes. “É a primeira pasta de dentes natural e vegan, com certificado Climate Neutral, do mundo”, garante Nuno Catarino. “Apesar da ampla oferta de produtos eco-friendly no segmento de mercado das pastas de dentes naturais, sentimos que era ainda muito difícil encontrar uma opção que assegurasse uma eficácia e experiência semelhantes às das pastas convencionais”, acrescenta o co-fundador. “Após 14 meses de trabalho, visitas a vários fornecedores e desenvolvimento de fórmula, chegámos finalmente a uma pasta de dentes natural e amiga do ambiente, com uma fórmula de ação total: prevenção de cáries e placa, branqueamento e hálito fresco”.

A criação de uma gama de produtos revelou-se “essencial para atingir o principal objetivo: um portefólio diversificado, amigo do ambiente e que satisfaça as necessidades dos nossos clientes”, resume Nuno Catarino.

Com distribuição em mais de 60 países, a gama de produtos de higiene oral eco-friendly regista os melhores resultados em Portugal, no Reino Unido, em Espanha, França e Itália. Continuar a apostar forte na expansão internacional é crítico para o negócio. “Penetrar em novos mercados internacionais torna-se um grande objetivo e desafio para qualquer marca com presença online. Neste momento não temos um foco específico, mas continua e continuará a ser um ‘milestone’ da marca”, indica, por sua vez, Fernando Ribeiro.

No mercado nacional, que representa 15% das vendas globais da marca, a estratégia passa por contribuir para esbater as diferenças do estádio de evolução dos modelos de negócio de subscrição online nos diferentes países europeus. “A adoção deste tipo de alternativas é cada vez mais transversal a todos os países. No entanto, se tivermos em conta a realidade do continente europeu, ainda existem algumas diferenças entre países do Norte e do Sul da Europa, onde os primeiros continuam a ser pioneiros na adoção de práticas mais inovadoras e sustentáveis. No entanto, acreditamos que no curto e médio prazo esta diferenciação se tornará cada vez mais ténue, especialmente no que diz respeito a produtos igualmente práticos e eficazes”, acrescenta Fernando Ribeiro.

*Artigo originalmente publicado na edição 388 do Jornal Hipersuper

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *