FMCG Homepage Newsletter

Isabel Camarinha: “Situação na Super Bock é insólita”

Por a 10 de Dezembro de 2020 as 12:00
Isabel Camarinha, secretária-geral da CGTP

Isabel Camarinha, secretária-geral da CGTP

Isabel Camarinha, secretária-geral da CGTP, classifica de insólita a situação no Super Bock Group que conduziu ao despedimento de 80 trabalhadores e à não inclusão de 16 trabalhadores precários nos quadros da empresa, tendo estes sido dispensados.

Em dia de greve dos trabalhadores do Super Bock Group, a dirigente sindical, em declarações ao Hipersuper, afirmou tratar-se de “uma situação insólita, numa empresa que tem milhões de lucros e que ainda no início do ano distribuiu dividendos pelos acionistas”.

“A empresa já dispensou 80 trabalhadores. Quanto aos 16 trabalhadores que estavam em situação precária, houve uma reunião no Ministério do Trabalho, na qual ficou estabelecido que os trabalhadores passariam para os quadros da empresa no início de 2021. Mas o que aconteceu foi a empresa ter despedido trabalhadores”, explica a dirigente sindical.

Isabel Camarinha diz, por outro lado, que uma empresa que afirma ter práticas de responsabilidade social “não pode gerir assim a situação dos trabalhadores”, tendo a “obrigação de manter os postos de trabalho”.

“É mais uma situação de uma empresa que alega o surto epidémico para não respeitar os direitos dos trabalhadores. Há situações de despedimentos, de não aumento de salários. Os aumentos salariais são necessários, pois provocariam um aumento do consumo e a necessária recuperação da economia, ainda para mais quando o setor do turismo está parado”, defende Isabel Camarinha.

A dirigente sindical assinala, por último, que, apesar das quebras de receitas originadas pela pandemia, a empresa nunca parou de produzir e não baixou os níveis de produção.

Um comentário

  1. pedro

    8 de Fevereiro de 2021 at 18:45

    A CGTP não defende os trabalhadores da Super Bock, porque recebe +300000€/ano para a festa do Avante.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *