Distribuição Homepage Newsletter

Fnac Darty destaca “forte” prestação de Portugal no terceiro trimestre

Por a 18 de Outubro de 2019 as 18:42
FNAC

FNACO grupo francês Fnac Darty destaca o “forte momento de Portugal”, conduzido pelos serviços e vendas de produtos editoriais, o que impulsionou as vendas da retalhista na Península Ibérica no terceiro trimestre.

De acordo com o relatório de contas apresentado esta quinta-feira, a dona da Fnac alcançou vendas de 169 milhões de euros entre julho e setembro a nível ibérico, o que representa um aumento de 3,2% face ao período homólogo. Numa base like for like, o crescimento foi de 1,1%.

A nível global, as vendas do grupo aumentaram 3,7% no terceiro trimestre do ano, face ao mesmo período de 2018, para os 1.816 milhões de euros.  Numa base like for like o crescimento foi de 1,7%. As vendas online cresceram a duplo dígito representado 19% da faturação do grupo no período, de acordo com o relatório.

Além de França, Espanha e Portugal, o grupo opera ainda nos países do Benelux, onde assistiu a um crescimento (like for like) de 9,5% das receitas para os 250 milhões de euros, devido sobretudo à parceria com a retalhista online holandesa Wehkamp, que arrancou em julho de 2018, e às vendas de produtos para o lar na Bélgica.

Durante o trimestre, a empresa completou a aquisição da Nature & Découvertes, distribuidora omnicanal de produtos de bem-estar. A primeira shop in shop desta marca abriu em setembro na Fnac La Rochelle, em França. Até final do ano, a empresa espera abrir quatro novas lojas “dentro de lojas” em Espanha.

A Fnac Darty espera concluir o ano com 60 novas aberturas e conseguir uma receita adicional de 200 milhões de euros, face a 2018, proveniente das parcerias e novas aquisições.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *