Homepage Logística Newsletter

Espanha será o principal mercado do grupo Luís Simões a partir do final do ano

Por a 8 de Outubro de 2019 as 13:16
Luis Simoes

Luis SimoesO grupo Luís Simões prevê que Espanha passe a ser o seu principal mercado a partir do final do ano, ultrapassando Portugal em volume de negócios, avançou José Luís Simões, presidente da companhia, em entrevista concedida ao Cinco Dias.

A companhia, que está em Espanha desde a década de 70, considera ser este o momento certo para dar um salto no mercado espanhol, depois de ter investido 40 milhões de euros em novas instalações para partir de 2017. “Madrid já é o maior centro de negócios de transporte para a Luís Simões”, afirmou ao jornal espanhol o presidente do grupo.

A empresa portuguesa de logística faturou, em 2018, 244 milhões de euros, correspondendo 111 milhões de euros ao mercado espanhol, um crescimento de 3% face a 2017. “O mercado espanhol é cerca de quatro vezes superior à dimensão do mercado português”, sendo “natural que este negócio cresça mais e chegue a superá-lo”, afirmou Rui Simões, responsável de inovação e logística da empresa.

Para ultrapassar a faturação registada em Portugal, o grupo português terá de obter, este ano, um crescimento de dois dígitos em Espanha. Os responsáveis da empresa acreditam que isso venha a suceder este ano e no próximo, devido ao centro logístico de Guadalajara. “Vai permitir-nos dar um salto em Espanha”, referiu Rui Simões, em declarações ao Cinco Dias. No próximo ano, o grupo abrirá um centro totalmente automatizado que servirá para dar resposta às necessidades do comércio eletrónico.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *