Distribuição Homepage Newsletter

Vendas da H&M aumentam 12% nos meses de verão

Por a 3 de Outubro de 2019 as 11:25
H&M

H&MAs vendas da coleção de verão sustentaram um aumento de 12% da faturação da H&M no terceiro trimestre do ano, em termos homólogos, para os 62.572 milhões de coroas suecas (cerca de 5,8 mil milhões de euros), segundo os resultados divulgados esta quinta-feira.

No canal online, a faturação da empresa de moda subiu 30% entre junho e agosto, contribuindo para a subida de 13% do lucro da multinacional para os 31.815 milhões de coroas (2,9 mil milhões de euros). A margem da empresa situou-se nos 50,8% no trimestre.

No acumulado dos primeiros nove meses do ano, as vendas da H&M aumentaram 11% para os 171.061 milhões de coroas suecas (cerca de 15,8 mil milhões de euros). O lucro da multinacional sueca de moda, depois de items financeiros, aumentou 6% para os 11.988 milhões de coroas suecas (1.109 milhões de euros) até final de agosto. Após taxas, o lucro da H&M fixou-se em 9.231 milhões de coroas (853,8 milhões de euros).

O CEO da empresa, Karl-Johan Persoon, destaca que “o aumento da quota de mercado”, a par da “bem recebida coleção de verão”, mostram que a “empresa está num bom caminho no seu trabalho de transformação para ir ao encontro das crescentes expectativas do consumidores”.

“Estamos a integrar cada vez mais os canais digitais e físicos – incluindo o desenvolvimento contínuo do serviço click & collect e devoluções online em loja, enquanto impulsionamos funções de pesquisa, opções de pagamentos mais flexíveis e entregas mais rápidas”, explica o CEO.

No último trimestre, o CEO destaca o crescimento em mercados como os Estados Unidos (+19%), Polónia (+20%), Itália (+15%), Rússia (+12%) e Índia (+29%). “As vendas mostram um forte crescimento também na América do Sul – no Chile, por exemplo, crescemos 32%”, destaca em comunicado o diretor executivo.

As vendas da empresa continuaram a aumentar em setembro (+8%, em termos homólogos).

A H&M espera terminar o ano com 120 novas lojas, um valor abaixo do esperado. As entregas no mesmo dia devem ficar disponíveis em 15 novos mercados em 2019 e o serviço click & collect em dois novos países, totalizando os 14 mercados.

Quanto ao ecommerce, a multinacional destaca o seu lançamento na plataforma de Myntra, na Índia, em agosto, o qual “excedeu as expectativas da companhia”. Na China, concretamente no Tmall, da Alibaba, a empresa estreou em setembro a loja & Other Stories e lançou a sua loja própria online na Indonésia e, mais tarde, na Tailândia.

A Bielorússia recebeu a primeira loja H&M, que aumentou assim a sua presença para os 73 mercados.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *