Distribuição Homepage Newsletter

El Corte Inglés cria empresa dedicada ao ramo imobiliário

Por a 3 de Outubro de 2019 as 15:39
Victor del Pozo, conselheiro delegado do El Corte Inglés, e Javier Catena, primeiro executivo da Real Estate
Victor del Pozo, conselheiro delegado do El Corte Inglés, e Javier Catena, primeiro executivo da Real Estate
Victor del Pozo, conselheiro delegado do El Corte Inglés, e Javier Catena, primeiro executivo da Real Estate

Victor del Pozo, conselheiro delegado do El Corte Inglés, e Javier Catena, primeiro executivo da Real Estate

O grupo El Corte inglés anunciou esta quarta-feira a criação da nova unidade de negócio Real Estate, dedicada ao mercado imobiliário. 

Javier Catena (na imagem) foi apontado como “primeiro executivo” da nova empresa. O responsável está ligado ao El Corte Inglés desde o passado mês de março, na mesma altura em que a empresa encarregou à PwC o projeto Green com o qual pretendia alienar 95 ativos imobiliários não estratégicos, segundo o jornal espanhol Cinco Días. A empresa explica em comunicado que o projeto Green está submetido nesta nova área de negócio.

“A operação está dentro da estratégia desenhada pelo conselheiro delegado do grupo, Víctor del Pozo, para aportar mais valor acrescentado aos imóveis e melhorar a sua rentabilidade”, lê-se no documento, no qual a cadeia sublinha ser “uma das empresas com maior património imobiliário de Espanha”.  

“Apesar das numerosas ofertas de interesse recebidas nos últimos meses, o El Corte Inglés optou por desenvolver diretamente o negócio imobiliário e aproveitar assim todas as vantagens do mercado”. 

A Real Estate visa gerir o portefólio imobiliário, tanto do grupo como de outras empresas, aproveitando a “ampla experiência das equipas de arquitetura, engenharia, design de interiores e decoração” dos grandes armazéns espanhóis, lê-se no comunicado. 

Todas aquelas equipas fundiram-se para criar a nova unidade de negócio que, por outras palavras, resulta da junção de três departamentos da empresa: Obras e Construções, Exploração e Gestão de Ativos Imobiliários e El Corte Inglés Empresas. Este último dirige-se a empresas externas ao grupo, sendo especializado em escritórios e hotéis.

A Real Estate propõe-se assim a desenvolver projetos de construção, promoção e reforma, para terceiros, assim como outro tipo de iniciativas propostas por clientes corporativos.

Em Portugal, sabe-se que o grupo tem planos para instalar na zona da Boavista, no Porto, um projeto “multifuncional” que poderá oferecer “ginásios e uma zona hoteleira”. As obras podem arrancar no próximo ano.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *