Destaque Destaque Homepage Homepage Logística Newsletter

Portos portugueses registam descida de 3,9% no primeiro semestre

Por a 9 de Agosto de 2019 as 12:13
Porto-de-Sines

Porto-de-SinesOs portos portugueses movimentaram 44,6 milhões de toneladas no primeiro semestre do ano, o que representa uma descida de 3,9% face a igual a período de 2018, revelam dados da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes.

“Esta quebra é explicada pela diminuição de petróleo bruto em Leixões e Sines e pela perda de carga contentorizada em Sines, por efeito da greve dos trabalhadores portuários do Terminal XXI”, refere a entidade.

Em destaque esteve o porto de Aveiro, que registou nos primeiros seis meses do ano um crescimento homólogo 62,5 mil toneladas, ou seja, mais 2,4%.

Em termos de quota de mercado, o Porto de Sines mantém a liderança, continuando abaixo dos 50%, com 49,7%. O porto de Leixões tem uma quota de 21,4%. Lisboa e Setúbal detêm 12,4% e 7,9%, respetivamente. Já Aveiro regista 6,1%

O movimento de contentores registou uma quebra de 3,1% no volume de TEU movimentado, o que representa cerca de menos 1,4 milhões de TEU. “Este desempenho é explicado não só pelo desempenho negativo da carga contentorizada em Sines derivado das perturbações laborais observadas neste porto, como também pelos registos negativos apresentados em Lisboa, Setúbal e Sines”, refere a entidade.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *