Homepage Newsletter Ponto de Venda

O projeto do Continente para acabar com sacos de plástico nas frutas e legumes

Por a 2 de Abril de 2019 as 15:37
Continente_loja_

Continente_loja_O Continente pôs em marcha um projeto-piloto com o objetivo de pôr um fim à utilização de sacos de plástico nos produtos perecíveis, como as frutas e os legumes.

Até ao final do mês, a cadeia alimentar da Sonae tem a correr um projeto-piloto em algumas lojas que dispensa sacos reutilizáveis feitos em algodão, em substituição dos tradicionais sacos de plástico. Nesta área do supermercado, a insígnia oferece ainda um cartão feito de papel reciclado onde os clientes podem colar as etiquetas de preço e o código de barras dos produtos adquiridos.

O Continente tem outro projeto em curso para testar a substituição dos sacos dispensados na secção de padaria, compostos por papel e uma janela transparente de plástico, substituindo a parte de plástico por fibras naturais de papel, tornando, desta forma, os sacos do pão 100% recicláveis.

As duas iniciativas estão integradas no “Compromisso para o uso responsável do plástico” que a empresa anunciou recentemente. Caso todos os clientes aderissem a alternativas sustentáveis ao plástico para a compra de frutas e legumes, a poupança potencial seria de mais de 430 toneladas de plástico por ano, estima a insígnia.

“Como retalhista alimentar líder no mercado nacional, sabemos ser nosso dever a promoção do uso cada vez mais responsável de plástico. É nosso papel, não só implementar medidas que procurem minimizar o impacto da atividade no ambiente encontrando soluções economicamente viáveis à utilização de plástico fóssil como também promover iniciativas que visem sensibilizar os nossos clientes para a importância do seu contributo”, comenta Para Pedro Lago, diretor de projetos de sustentabilidade e economia circular do Continente

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *