Homepage Newsletter Produção

Quinta de Soalheiro investe um milhão de euros para modernizar adega

Por a 21 de Janeiro de 2019 as 12:17
Soalheiro

SoalheiroA Quinta de Soalheiro investiu um milhão de euros para modernizar e requalificar a sua adega localizada em Melgaço, distrito de Viana do Castelo. O projeto contou com financiamento do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 – PDR2020, num investimento global de um milhão de euros, em infraestruturas e equipamentos.

“Este é já o segundo investimento de crescimento e valorização da adega desde a sua criação. O primeiro realizou-se em 2015, integrando-a na paisagem da propriedade num espaço que funcionalmente respeita a tradição vitícola e enológica, abrindo as portas à descoberta dos diferentes Soalheiros”, explica a empresa.

A empresa está no top 3 do ranking de faturação e rentabilidade dos produtores de vinho verde das regiões de Monção e Melgaço, com um volume de negócios de 3,8 milhões de euros em 2018, um crescimento de 25% face ao ano anterior.

Exportação vale 40% do volume de negócios

Já a quota de exportação cresceu 14%, em 2018, representando mais de 40% do volume de negócios. “A Quinta de Soalheiro implementou com sucesso dois projetos de apoio à internacionalização, ao abrigo do Portugal 2020 – Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacional de PME -, em 2016 e 2018, com vista ao apoio à promoção de vinhos em mercados terceiros”, acrescenta.

O vinho Soalheiro está atualmente presente em 27 mercados, em estabelecimentos de restauração e lojas de especialidade. Alemanha, Angola, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Coreia do sul, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Letónia, Luxemburgo, Noruega, Nova Zelândia, Polónia, Suécia, Suíça, Singapura e, mais recentemente, Bulgária e República Trindade e Tobago são os países destino deste vinho verde .

Aposta no enoturismo

Para 2019, a quinta está a trabalhar uma candidatura ao PDR2020 relacionada com a diversificação das atividades na exploração agrícola, nomeadamente com a criação de um centro de atendimento e a valorização do enoturismo. E mais uma candidatura para o apoio à internacionalização.

“Uma das mais recentes apostas foi o reforço do enoturismo. A Quinta de Soalheiro possui uma sala de provas com ótimas condições para a degustação das diferentes dimensões do Alvarinho, como é o caso do Soalheiro Clássico, Soalheiro Primeiras Vinhas, Soalheiro Reserva, Soalheiro Granit e do Soalheiro Terramatter – e ainda dos espumantes, o clássico Bruto e, mais recentemente, o Bruto Rosé, não esquecendo os inovadores ALLO e Soalheiro 9%, que se distinguem pelo teor alcoólico moderado com enorme elegância e frescura”, acrescenta a empresa.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *