Homepage Newsletter Opinião

Três tipos de plástico ecológico para produzir embalagens

Por a 6 de Abril de 2018 as 10:58
Viktor Puzakov, Diretor Global de Marketing, Videojet Technologies

Por Viktor Puzakov, Diretor Global de Marketing, Videojet Technologies

Os plásticos têm sido uma questão controversa nos últimos anos, particularmente face à consciencialização de que os níveis de plástico eliminado que chegam aos oceanos estão a atingir um ponto crítico. Por conseguinte, foram desenvolvidos alguns plásticos ecológicos que se dividem em três categorias.

  1. Bioplásticos, fabricados a partir de materiais naturais, como o amido de milho. O fabrico de garrafas de bioplástico requer um terço da energia gasta com o fabrico de uma garrafa PET. Curiosamente, algumas formas de bioplásticos têm um aspeto e uma sensação muito semelhante ao produto à base de petróleo e, apesar de visualmente indistinguíveis, este tipo de plástico degrada-se sem deixar quaisquer resíduos nocivos.
  2. Plásticos biodegradáveis, são plásticos tradicionais fabricados a partir de petroquímicos, mas concebidos para se decomporem mais rapidamente. Embora se degrade mais rapidamente do que as versões petroquímicas tradicionais, este tipo de plástico deixa depósitos nocivos, o que significa que, afinal, não é 100% ecológico.
  3. Plásticos reciclados, como o nome sugere, são fabricados a partir da reciclagem de plástico antigo. A reciclagem de plástico antigo é positiva só por si, todavia coloca certos problemas. As garrafas de plástico, por exemplo, muitas vezes não são recicladas para fabricar novas garrafas de plástico devido a perda de propriedades decorrente do processo de reciclagem. Ao invés, é  mais provável que estas sejam convertidas noutros produtos que requerem um plástico de qualidade inferior – como bancos públicos  ou equipamento para parques infantis. 

    .

4 comentários

  1. Viktor Puzakov

    18 de Junho de 2018 at 19:11

    Plásticos reciclados, como o nome sugere, são feitos da reciclagem de plásticos velhos. A reciclagem de plásticos velhos é uma coisa boa em si, no entanto, coloca certos desafios. Garrafas plásticas recicladas, por exemplo, muitas vezes não poderão ser recicladas para produzir mais garrafas de plástico devido à perda de propriedades como resultado do processo de reciclagem. Em vez disso, serão mais provavelmente convertidos em outros produtos que exigem plástico de baixo grau – como bancos públicos de madeira ou equipamentos para parques infantis.

  2. Viktor Puzakov

    18 de Junho de 2018 at 19:10

    Recycled plastics, as the name suggests, are made from recycling old plastic. Recycling old plastic is a good thing in itself, however, it poses certain challenges. Recycled plastic bottles, for example, will often not be able to be recycled to make more plastic bottles due to the loss of properties as a result of the recycling process. Instead they will more likely be converted into other products that require lower grade plastic – such as public “wooden” benches or playground equipment.

  3. Paulo Guilherme Correa

    6 de Abril de 2018 at 15:17

    Dear Viktor Puzakov,

    I would like to take the liberty of disagreeing with item 3 of the above text. Our company is manufacturer of recycled resin, we have a productive capacity of 1,600 tons of resin per month. This corresponds to the recycling of approximately 60 million bottles per month.

    Our technology enables the recovery of all the mechanical properties of the PET resin we produce in the so-called Bottle to Bottle process. All our production is destined 100% for the manufacture of new bottles, applied to the sectors of carbonated and non-carbonated beverages, juices, cleaning products, vinegars, etc.

    We have the so-called food grade approval and approvals at the FDA Food and Drug Administration, institute Fraunhofer of Germany, CETEA Food Technology Center of the University of Campinas UNICAMP and the most important of them considering that we are in Brazil is the approval of ANVISA National Agency of Surveillance Sanitary.

    I make myself available.
    Best Regards
    Paulo Guilherme Correa
    Phone + 55 11 9 8326 0290

  4. Paulo Guilherme Correa

    6 de Abril de 2018 at 15:06

    Prezado Viktor Puzakov,

    Eu gostaria de tomar a liberdade de discordar do item 3 do texto acima. A nossa empresa é fabricante de resina reciclada, temos uma capacidade produtiva de 1.600 toneladas de resina por mês. Isto corresponde a reciclagem de aproximadamente 60 milhões de garrafas por mês.

    A nossa tecnologia possibilita a recuperação de todas as propriedades mecânicas da resina PET que produzimos no denominado processo Bottle to Bottle.

    Toda a nossa produção é destinada 100% para a fabricação de novas garrafas, aplicadas aos setores de bebidas carbonatadas e não carbonatadas, sucos, produtos de limpeza, vinagres, etc.

    Temos a aprovação denominada grau alimentício e aprovações no FDA Food and Drug Administration, Indtituto Fraunhofer da Alemanha, CETEA Centro de Tecnologia de Alimentos da Universidade de Campinas UNICAMP e o mais importante deles considerando que estamos no Brasil é a aprovação da ANVISA Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

    Me coloco à disposição.

    Saudações
    Paulo Guilherme Correa
    Fone + 55 11 9 8326 0290

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *