Homepage Newsletter Produção

Cooperativa dos Frutos Silvestres pede à Distribuição para valorizar produção nacional

Por a 19 de Março de 2018 as 12:17
frutos_silvestres

A Cooperativa Capital dos Frutos Silvestres exportou no ano passado cerca de 215 mil euros de mirtilos e framboesas. A cooperativa constituída em 2017, que representa 50 produtores de 22 concelhos da região centro do País, vendeu para o exterior 90% da produção.

Em declarações à Lusa, o presidente da Capital dos Frutos Silvestres, Nuno Pereira, revelou que cerca de 20% da produção teve como destino a Inglaterra, 10% a Suíça, 50% Espanha, enquanto 10% ficaram no mercado português. No total, a cooperativa vendeu 50 toneladas de mirtilo e sete toneladas de framboesa.

Apesar dos números registados, Nuno Pereira lamenta a “falta de visão” para preparar os próximos anos. “O preço pago ao produtor e a falta de valorização dos biológicos justificam a fatia da produção de frutos vermelhos que fica em Portugal”.

Segundo o presidente da Capital dos Frutos Silvestres, a solução passa por criar convenções com os supermercados portugueses, para que seja prioridade a venda de produtos nacionais.

Um comentário

  1. Cialis

    3 de Abril de 2018 at 21:38

    Obrigado Bruno!

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *