Homepage Newsletter Opinião

Opinião. O impacto do blockchain nas cadeias de abastecimento

Por a 14 de Fevereiro de 2018 as 12:31
MarioMaia_Generix

Mário Maia, Sales Manager da Generix

Blockchain. Uma tecnologia que, decerto, já ouviu falar e que segundo os especialistas vai revolucionar as empresas e o mercado, nomeadamente o da distribuição.

Não é linear, mas trata-se basicamente de uma estrutura de dados onde se fazem transações virtuais de forma rápida, simples, clara e transparente, não existindo a intervenção de nenhuma entidade de gestão central. Ou seja, é uma tecnologia que possibilita fazer transações num único arquivo, com registo completo e inviolável, podendo-se guardar informação e provar que a mesma está imutável. E tudo isto, sem a intervenção de instituições verificadoras. Um género de livro-razão de transações de negócios. O blockchain pode ser público ou privado e, se até aqui, a sua aplicação era associada ao mercado financeiro, hoje em dia já se difundiu para outras áreas.

É compreensível o furor à volta do tema, mas quais as vantagens deste novo mecanismo? Será adequado para qualquer indústria? Que implicações trará ao mercado e aos consumidores?

Quanto aos benefícios estes são percetíveis: possibilitar transações confiáveis; guardar informação e provar que a mesma está imutável, sem a necessidade de intermediários; redução ou mesmo corte de custos; arquivo com registo completo e sempre atualizado; maior transparência e rapidez e agilidade nas operações, entre outros. Ou seja, uma série de mais-valias que vão fomentar a melhoria dos modelos de negócio e as suas infraestruturas.

Repare que estão aqui conjugados alguns dos aspetos mais valorizados nos dias de hoje: por um lado, a transparência e segurança (devido à componente criptográfica da tecnologia), por outro, a flexibilidade e agilidade que oferece.

Há já casos práticos dos resultados obtidos e não há dúvida de que esta tecnologia – aplicável a setores como retalho, distribuição, transportes e logística, entre outros – pode facilitar e simplificar negócios e processos, tendo um grande potencial pela frente.

Processo de compra automatizado

Vejamos o caso das cadeias de abastecimento, que exigem uma gestão complexa de dados, que não pode falhar e tem de acompanhar o crescimento do negócio.

Com o blockchain o processo de compra será todo automatizado; o fluxo de transações melhorará pois reduz-se drasticamente o tempo de validação (traduzindo-se isto numa gestão de fluxo em tempo real); toda a informação referente a cada produto (origem, local de armazenamento, autenticidade, certificados de propriedade e registos) estará guardada e será inviolável e há, ainda, garantia de rastreabilidade dos fluxos e dos bens ao registar todas as transações feitas pelos utilizadores, na medida em que estes registos são indestrutíveis e garantem a integridade da informação.

Ou seja, uma série de vantagens competitivas, às quais se pode acrescentar um outro aspeto não menos importante relacionado com a segurança: deteção de fraudes através da identificação de problemas desde o início da transação (como inconsistências na validação e identidade suspeita, entre outros).

Um outro exemplo, este mais específico, da aplicação do blockchain é por exemplo em relação à segurança no setor alimentar. A carne que consumimos tem de estar fresca e reunir uma série de condições necessárias para ser consumida. Através do blockchain pode-se fazer a sua rastreabilidade, registando a origem de cada peça, o local e data de processamento, a temperatura de armazenagem e a data de validade e, desta forma, ficam registadas todas as informações referentes a determinado alimento, podendo-se aceder e identificar o seu historial e saber exatamente onde é que está, se já foi vendido e quem comprou, entre outros.

Apesar de sujeita a algumas melhorias, esta tecnologia apresenta-se promissora e capaz de enfrentar os desafios das cadeias de abastecimento, que passam pela garantia de transações seguras, de processos rápidos e eficientes, pelo aumento da transparência, o combate à fraude e redução de erros, de custos operacionais e de taxas.

Acredite que vai continuar a ouvir falar de blockchain, pois hoje em dia os negócios precisam de ferramentas que tenham rápido impacto nos seus custos e receitas e que ajudem na otimização de processos. Para quê? Essencialmente para conseguirem estar à altura das exigências, necessidades e expetativas dos clientes e do mercado.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *