Distribuição Homepage Newsletter Ponto de Venda

Mercadona versus Amazon: quem lidera corrida ao ecommerce alimentar em Espanha?

Por a 26 de Janeiro de 2018 as 17:50
juana

A Mercadona mostrou durante 2017 ter planos para transformar o seu serviço de ecommerce. Em março, o líder da cadeia espanhola, Juan Roig, admitia que a plataforma de comércio online da retalhista estava “obsoleta” e que a empresa iria “tentar rentabilizar o ecommerce”, prometendo surpreender em 2018.

Na altura, Juana Roig foi escolhida para comandar a transformação digital da empresa valenciana e não tardou a mostrar serviço. Depois de montar uma equipa de engenheiros, designers e outros especialistas em tecnologia e logística, a filha mais nova do presidente da empresa é desde outubro CEO (chief executive officer) da Mercadona Tech, divisão através da qual a distribuidora se propõe a “reinventar a forma de comprar alimentação”, de acordo com o vídeo de apresentação da mesma.

Assim, espera-se que a retalhista que se prepara para entrar em Portugal lance este ano a anunciada nova experiência de comércio online, canal que em 2016 representou apenas 1% das suas vendas.

No entanto, não podemos esquecer o grande elefante na sala que a Mercadora tem que encarar na corrida à liderança do ecommerce alimentar em Espanha: a Amazon.

Atualmente um em cada quatro espanhóis que compra em supermercados online acaba por optar pela loja da Mercadona, segundo dados da FoodRetail.es.

A retalhista é líder quer no canal offline quer no online, com 24% dos eshoppers em Espanha a apontarem a Mercadona como cadeia de referência no que diz respeito a supermercados online. De acordo com um relatório publicado pela Random Strategy sobre ecommerce no país vizinho, a loja o ecommerce do Carrefour segue em segundo nas preferências dos espanhóis (16%) e o El Corte Inglés (14%) em terceiro. Só em quarto surge a Amazon, com uma penetração de 7%.

No entanto, o estudo antecipa um maior crescimento para a multinacional norte-americana, uma vez que detém a maior fatia daqueles que tencionam começar em 2018 a comprar em supermercados online. Atualmente, apenas 21% dos internautas espanhóis compra alimentos e bebidas na internet, mas o número deve crescer em 2018.

Oito em cada dez utilizadores da web em Espanha tenciona recorrer a supermercados online durante este ano, ainda segundo a análise da Random Strategy. E dos novos eshoppers que chegarão às lojas online, 23% coloca a Amazon no topo das preferências para compra de bebidas e alimentos. A Mercadona é escolhida por 20%, o Carrefour por 19% e o El Corte Inglés por 15%.

“A Amazon é a marca com mais projeção num futuro próximo”, sublinha a consultora.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *