Homepage Newsletter Produção

Vendas de biocarvão da portuguesa Carvão Zero aumentaram 80% em 2017. Empresa quer aumentar produção

Por a 24 de Janeiro de 2018 as 12:48
CARVÃO ZERO

A portuguesa Ibero Massa Florestal (IMF), primeira empresa na Península Ibérica a produzir e comercializar biocarvão, sob a marca Carvão Zero, atingiu em 2017 o “melhor ano desde o início da sua atividade”, em 2010. O volume de vendas da empresa de Oliveira de Azeméis aumentou 80%, face ao ano transato, para os 2 037 185 euros.

Para este novo ano, a IMF prevê manter o ciclo de crescimento da Carvão Zero, cujas vendas aumentaram 123% entre 2015 e 2016. A empresa pretende em 2018 “aumentar a sua produção em 50%”, assim como o “volume de exportações” para os mais dez países onde está presente.

instalações IMF
A IMF é especializada em biocarvão (com carbono fixo acima de 90%) para confeção de alimentos, nos segmentos doméstico ou profissional. A marca Carvão Zero está atualmente à venda em “dez grandes grupos de distribuição em Portugal”, além de uma rede de mais de 40 distribuidores no País.

“Paralelamente à comercialização do Carvão Zero, pretendemos aumentar a venda do produto Ecochar, um restruturador de solos agrícolas e florestais que pode representar um aumento de produtividade entre 20 a 200% e uma poupança na utilização de água que pode ir até aos 20%”, destaca Nuno Costa, diretor Comercial da IMF.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *