Data Center Homepage Newsletter

IBM lança plataforma para apoiar adoção de Regulamento Geral de Proteção de Dados

Por a 29 de Maio de 2017 as 17:08
digital-marketing

A IBM Resilient, área de segurança da tecnológica, criou novas soluções de resposta a incidentes para ajudar as empresas a lidar com o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD), que entrará em vigor a 28 de maio de 2018.

A um ano da entrada em vigor da nova legislação europeia, que introduz significativas mudanças na forma como as empresas adquirem, tratam e garantem a segurança de todos os dados pessoais envolvidos na sua atividade, a multinacional lançou a plataforma Resilient Incident Response (IRP), com soluções como o “Guia Preparatório Resilient para GDPR”, uma ferramenta interativa que prescreve passo a passo como se preparar para o RGPD; ou a “Simulação Resilient GDPR” (sigla para RGPD em inglês), função que ajuda os analistas de segurança dentro de uma organização a ensaiar as ações que podem ser necessárias em caso de violação do novo regulamento. Uma das características deste  novo regulamento passa pelo agravamento do quadro sancionatório, com multas que podem ir até aos 20 milhões de euros ou de até 4% do volume de negócios anual.

Segundo John Bruce, CEO da IBM Resilient, o RGPD “está a introduzir algumas das mudanças mais importantes nos regulamentos europeus de privacidade de dados em vinte anos, grande parte das quais envolvem políticas e documentação que são difíceis de melhorar com a tecnologia”. Assim, a “plataforma determina uma série de passos e pode orquestrar pessoas, processos e tecnologia em respostas específicas a violações de dados”.

A maioria das organizações já tem dificuldade em responder a incidentes cibernéticos. De acordo com um estudo da Ponemon, 66% dos profissionais inquiridos diz não estar confiante na capacidade da sua organização para recuperar de um incidente cibernético. Além disso, 41% diz que o tempo para resolver um incidente cibernético aumentou nos últimos 12 meses.

O Resilient IRP faz parte do sistema da IBM Security, que ajuda a enfrentar ameaças inteligentes, incorporando as mais recentes tecnologias cognitivas, cloud e de colaboração.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *