Homepage Newsletter Produção

Produção nacional de vinho sobe em 2015 para valor mais alto desde início da década

Por a 10 de Maio de 2017 as 10:46
INE_vinho

A produção vinícola aumentou 13,8% em 2015, face ao ano transato, para os 6,9 milhões de hectolitros. De acordo com dados do INE, foi o ano com maior produção em cinco anos. O valor é apenas ultrapassado pela quantidade gerada no ano de 2010, que se fixou 79 mil hectolitros acima.

No ano de 2015, vários concelhos no País observam crescimentos significativos. Torres Vedras lidera a produção de vinho, tendo sido responsável por 477 mil hectolitros, seguido de Palmela e Almeirim. Ainda assim, o que regista maior subida da produção é o concelho de Santa Marta de Penaguião, que triplicou a produção face a 2014, enquanto o da Lourinhã quase dobrou. Também Vila Real, Peso da Régua e Celorico de Basto registam aumentos acima dos 65%.

Desta forma, a região agrícola do Ribatejo e Oeste assegurou um terço do total produzido em 2015 (2,3 milhões de hectolitros), seguida da região de Trás-os-Montes (23%) e de Alentejo (17%). As três regiões foram responsáveis por 43,5% da produção nacional.

41% do total de vinho produzido em Portugal no ano de referência corresponde a vinho de qualidade produzido em região determinada, 27% a vinho regional, 22% a vinho de mesa e 10% a vinho licoroso de qualidade produzido em região determinada.

Fonte: Marktest

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *