Homepage Logística Newsletter

Jungheinrich supera pela primeira vez fasquia de €3 mil milhões em faturação

Por a 26 de Abril de 2017 as 12:37
84

A Jungheinrich, produtora alemã de equipamentos de movimentação de carga, aumentou em 12% a sua faturação para um total de 3085 milhões de euros em 2016.

Presente há 19 anos em Portugal e com 76 filiais no mundo, a empresa excedeu “pela primeira vez a marca dos três mil milhões de euros, tanto em volume de negócios como em encomendas registadas”, sublinha em comunicado Hans-Georg Frey, presidente do Conselho Diretivo da Jungheinrich AG.

Enquanto na Alemanha, as receitas da marca aumentaram 7% para 753 milhões de euros, no mercado internacional o volume de negócios da produtora atingiu os 2332 milhões de euros, um aumento de 14%.

A marca forneceu109 mil equipamentos novos e usados, em todo o mundo, o que traduz um incremento de 12% face ao ano precedente. As encomendas, em todas as áreas de negócio, situaram-se nos 3220 milhões de euros, 14% acima do valor do ano anterior. Assim, a Jungheinrich aumentou a sua quota no mercado mundial para 9,1% em relação à de 8,7% verificada no ano anterior.

No último ano, a empresa adquiriu a MIAS, empresa especialista em transelevadores e dispositivos de recolha de carga. Fundou ainda uma “joint venture” com o maior fabricante chinês de equipamentos de movimentação de cargas, Anhui Heli Co. Ltd., que permitiu expandir o negócio de aluguer de equipamentos.

Para este ano fiscal, a empresa prevê angariar entre 3,4 e 3,5 mil milhões de pedidos de encomendas e atingir um volume de negócios entre 3,3 e 3,4 mil milhões de euros. A empresa prevê ainda que o lucro antes de imposto (EBIT) para o ano fiscal atual se situe entre 250 e 260 milhões de euros. Esta previsão tem por base o volume de negócios do grupo registado nos dois primeiros meses deste ano, que ascende a 483 milhões de euros, um crescimento de 12%.

A Jungheinrich espera que o mercado mundial de equipamentos de movimentação de cargas “continue a crescer”. Até finais de fevereiro passado, o volume deste mercado global atingiu os 205,6 mil equipamentos, contra os 167,1 mil verificados no mesmo período do ano passado. Na Europa, a tendência mantém-se com um aumento de 11% para 72,3 mil equipamentos, em igual período.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *