Distribuição Homepage Newsletter

Consumidor mais confiante faz crescer vendas do retalho especializado

Por a 11 de Abril de 2017 as 16:48
retalho especializado

O volume de vendas do retalho não alimentar no mercado nacional cresceu 2,1% em 2016 para os 7864 milhões de euros, impulsionado pelo aumento da confiança do consumidor português, segundo os dados do Barómetro da APED.

Os equipamentos de linha branca (grandes eletrodomésticos) registaram a maior evolução (+6,9%), seguidos dos equipamentos de telecomunicações (+6,1%). As vendas de vestuário aceleraram 3,4% e de combustíveis 1,7%.

“O retalho não alimentar regista pela primeira vez um crescimento expressivo” depois da crise económica que atingiu o seu pico em 2013, lembra Ana Isabel Trigo Morais, diretora geral da APED (Associação Portuguesa das Empresas de Distribuição).

Por outro lado, são os segmentos de fotografia (-11,6%), informática (-4,2%) e entretenimento (-4,1%) que revelam as maiores quebras em vendas.

A categoria de smartphones é a mais importante deste mercado com vendas de 389 765 euros em 2016, uma subida de 5,6% face ao ano anterior.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *