Homepage Newsletter Produção

Japonesa Epson vai investir 75 milhões de euros na Europa

Por a 21 de Março de 2017 as 12:50
Epson CeBIT_Minoru Usui

A japonesa Epson tem um plano de investimento de 75 milhões de euros na Europa, destinado a “áreas chave” como a Internet das Coisas, impressão a jato de tinta, robótica, tecnologia wereable ou realidade aumentada.

O anúncio foi feito ontem na CeBIT 2017, evento mundial para negócios digitais a decorrer entre 20 e 24 de março na cidade alemã de Hannover, pela voz de Ernest Quingles, Chief Executive Officer da Epson em França, Espanha e Portugal e vice presidente Business Sales EMEA (Europa Médio Oriente e África). O investimento está em linha com a estratégia “Epson 25”.

No evento sobre Tecnologias de Informação aplicadas aos negócios, a tecnológica deu ainda a conhecer ao mercado europeu o sistema PaperLab, tecnologia que permite às empresas reciclar papel usado. De acordo com uma investigação realizada pela Epson em novembro de 2016, este é “o primeiro sistema compacto de reciclagem de papel no escritório, mediante um processo a seco”. Está disponível há alguns meses no Japão e será comercializado na Europa a partir do outono de 2018, prevê a multinacional nipónica cujo “core business” são as tecnologias de impressão.

O PaperLab é um sistema de fabricação de papel capaz de produzir papel de “diferentes formatos e grossuras” a partir de papel usado, “triturado de forma segura e sem utilizar água”. Através deste processo a seco é possível “criar um ecossistema que reduz as emissões de CO2, aumenta a poupança na logística de recolha de resíduos, garante a eliminação segura de documentos confidenciais e poupa água, já que evita utilizar os grandes volumes necessários nos processos de reciclagem tradicionais”, dá conta em comunicado a Epson.

Adicionalmente, a empresa apresentou hoje no evento a nova gama de impressoras a jato de tinta par ambientes empresariais designada WorkForce Enterprise. Com capacidade para imprimir até 100 páginas por minuto, as novas impressoras permitem reduzir o consumo de energia até 96% face à tecnologia a laser. O mercado empresarial de solução de jato de tinta cresce a um ritmo de 10% por ano até 2020, de acordo com a IDC.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *