Homepage Newsletter Ponto de Venda

Mercadona apresenta novo modelo de loja inteligente e tecnológica

Por a 14 de Dezembro de 2016 as 15:11
inauguracion-nueva-tienda-mercadona

A Mercadona, cadeia de supermercados de capital 100% espanhol e familiar, que vai abrir as primeiras lojas no nosso País em 2019, colocou hoje em marcha o novo modelo de “loja eficiente”, que promete otimizar a experiência de compra dos clientes.
A ampliação dos corredores de fruta e legumes, um novo modelo de cesto de compras e dois modelos de carrinho de compras,  mais ergonómicos e leves, são alguns exemplos das novidades.
A retalhista líder em Espanha prevê investir 180 milhões de euros para reformar e renovar, ao longo de 2017, 125 lojas no país vizinho. Os dois primeiros estabelecimentos que contam já com este novo conceito estão localizados em Puerto de Sagunto (Valência) e na localidade de Peligros (Granada).
O novo modelo, mais eficiente e em cuja construção participaram 65 fornecedores, renova o design de loja por ambientes. As novas cores e materiais abrangem a fachada exterior de acesso ao supermercado e a distribuição das diferentes secções. O conceito aposta ainda em espaços amplos e translúcidos, que facilitam a entrada de luz natural.

novo-modelo-mercadona

Loja ecoeficiente

No que diz respeito à sustentabilidade, as novas soluções em loja permitem “reduzir até 40%” o consumo energético, devido à melhoria do isolamento térmico e acústico, à otimização dos materiais e da espessura das paredes e tetos e  às novas arcas congeladoras mais eficientes e amigas do ambiente. A loja ecoeficiente conta ainda com um sistema de iluminação LED automatizado que se auto-regula de acordo com as zonas e momentos do dia, para uma gestão energética muito mais eficiente.

A loja integra ainda uma série de dispositivos eletrónicos e ferramentas colaborativas para partilhar informação a partir de qualquer secção da loja, o que facilita a autogestão de cada supermercado e agiliza os processos de toda a cadeia. Para o efeito, a insígnia investiu ao longo deste ano 10 milhões de euros em I+D+i (Investigação, Desenvolvimento e Inovação) em melhorias informáticas, em cujo desenvolvimento colaboraram mais de 130 técnicos especialistas. Entre os novos dispositivos encontram-se, entre outros, a linha de caixas, as balanças ou os tablets que substituem o papel para realizar gestões administrativas. “Tudo isto permite otimizar os processos e conhecer a gestão da loja em tempo real, o que facilita a tomada de decisões e contribui para uma maior agilidade, especialmente na gestão dos produtos frescos”.

A Mercadona redesenhou também a sua página web corporativa para melhorar a usabilidade e comunicação com os utilizadores. A nova web, mais simples, intuitiva e adaptável a dispositivos móveis, implicou um investimento de 1 milhão de euros.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *