Destaque Destaque Homepage Distribuição Homepage Newsletter

Sonae cresce 4,4% em faturação no 1º semestre. Resultado líquido cai 21,7%

Por a 19 de Agosto de 2016 as 11:47
Sede Sonae

O grupo Sonae atingiu no primeiro semestre um volume de negócios de 2 431 milhões de euros, um crescimento de 4,4% face ao mesmo período do ano passado. No entanto, o resultado líquido caiu 21,7% para os 77 milhões de euros.

A empresa apresentou esta quinta-feira, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os resultados consolidados da primeira metade do ano. Durante este período, o investimento total do grupo aumentou dos 116 milhões de euros registados na primeira metade do último ano para os 208 milhões de euros. O valor foi direcionado maioritariamente ao retalho especializado, já que o retalho alimentar recebeu uma fatia de 69 milhões de euros, um aumento a partir dos 19 milhões de euros investidos em igual período de 2015.

O crescimento de 4,4% do total de vendas deve-se sobretudo à performance das divisões de retalho – a Sonae MC e a Sonae SR, explica o grupo que opera também nas áreas de centros comerciais (Sonae Sierra) e telecomunicações (NOS).

Com um portefólio de 22 hipermercados Continente, 62 Continente Modelo e 20 Continente Bom Dia, na área de retalho alimentar a empresa atingiu neste último semestre um total de 1 691 milhões de euros em vendas, um aumento de 3,6% em termos homólogos. A variação de vendas no universo comparável de lojas foi de 0,4%. No primeiro semestre, a Sonae MC ampliou o seu portefólio com sete novas lojas Continente Bom Dia, um hipermercado Continente e seis lojas de saúde e bem-estar Well’s.

No que diz respeito à Sonae Sierra, a faturação situou-se nos 100 milhões de euros, uma queda de 7% face ao mesmo semestre do último ano, “em virtude da execução da estratégia de reciclagem de capital”, explica o grupo sediado na Maia. Os lojistas dos centros comerciais detidos conquistaram um aumento de 2,5% nas suas vendas, totalizando os 1 439 milhões de euros. A taxa de ocupação fixou-se nos 96,1%, “sustentada pelo forte desempenho na Europa”.

A divisão de shoppings detém atualmente seis projetos em desenvolvimento: ParkLake (Roménia), Nuremberg (Alemanha), Zenata (Marrocos), Malaga Designer Outlet (Espanha), a Expansão do NorteShopping (Portugal) e Cucuta (Colômbia). O ParkLake tem previsão de inauguração em setembro deste ano. Com uma área bruta locável (ABL) de 70 000 metros quadrados e mais de 200 lojas, o centro a abrir na Roménia totaliza um investimento de 180 milhões de euros.

Nas telecomunicações, a NOS regista um crescimento de 7,6% do resultado líquido no período em análise,  atingindo os 51 milhões de euros.

Leia também: Sonae SR investe €102 milhões no 1º semestre. Vendas crescem 5,5%

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *