Destaque Destaque Homepage Distribuição Homepage Newsletter

As cadeias de distribuição que mais beneficiam com o “Brexit”

Por a 29 de Junho de 2016 as 16:01
Nova Loja Lidl Sacavaém - exterior

São as cadeias de distribuição que apostam em formatos de desconto que mais vão beneficiar com o “Brexit”. Segundo um estudo elaborado pela consultora Kantar Worldpanel, citado pela Inforetail, cadeias como Lidl e Aldi são as que mais vão tirar partido da saída do Reino Unido da União Europeia. O estudo atribui esta vantagem competitiva aos retalhistas discount já que estes apostam mais em produtos locais do que os seus concorrentes.

“Existem muitos fatores que ajudam o Lidl e a Aldi a absorverem o incremento dos preços e a inflação, concretamente, o sortido limitado, o facto de terem uma cadeia de abastecimento mais ‘magra’ e, o mais importante, as economias de escala”.

Por se posicionarem como destinos “genuínos” para as compras semanais, estas insígnias melhoraram aldi.jpg“drasticamente” a oferta de produtos frescos, como carne, peixe, fruta e legumes, que representam cerca de metade da faturação de cada uma destas cadeias.

“As cadeias de discount são mais proactivas a promover a origem. Por exemplo, a Aldi tem uma política de comprar a totalidade da carne fresca a fornecedores ingleses. Esta proximidade com os agricultores confere a estas duas insígnias uma posição mais forte, pelo menos no curto prazo”, remata o estudo.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *