Homepage Newsletter Ponto de Venda

IBM apresenta robô NAO em Portugal

Por a 23 de Junho de 2016 as 17:51
IBM_BusinessConnect2016

A IBM apresentou esta terça-feira em Portugal o NAO, um robô humanóide com as capacidades cognitivas do sistema Watson incorporadas.

A IBM levou a cabo a Conferência BusinessConnect 2016 em Lisboa. Os cerca de 350 participantes tiveram a oportunidade de conhecer o robô NAO durante o evento que a multinacional de tecnologia promove anualmente em Portugal.

As capacidades do sistema Watson deram “vida” ao robô, fazendo com que este aprenda e mantenha uma conversa como se de um ser humano se tratasse.

“O Watson é a plataforma cognitiva que representa uma nova era da computação onde os sistemas têm a capacidade de entender o mundo da mesma forma que os seres humanos o fazem – através dos sentidos, da aprendizagem e da experiência. Além disso, lê e compreende em linguagem natural o significado e o contexto da informação para rapidamente encontrar informações relevantes, mesmo entre dados não estruturados”, explica em comunicado a empresa.

Durante a conferência, António Raposo Lima, presidente da IBM Portugal, explicou que “estas capacidades podem ser integradas em qualquer produto, serviço, processo ou sistema digital, o que significa que podemos adicionar a qualquer coisa digital algo de cognitivo, algo de pensante”.

A solução desenvolvida nos laboratórios da empresa norte-americana está disponível a partir da ‘cloud’, em diversos formatos, como é exemplo o robô de pequena dimensão apresentado agora em Portugal, e pode ser aplicado a qualquer indústria, desde a saúde ao turismo, banca ou educação. A plataforma já permitiu a várias empresas criarem valor para os seus negócios. Por exemplo, à cadeia de hotéis Hilton Worldwide permitiu a criação de um robô designado Connie, que desempenha o papel de concierge, dando aos hóspedes aconselhamento e respostas às suas questões. Na indústria da banca, é exemplo o banco japonês SoftBank que construiu o robô Pepper através da tecnologia Watson, para potenciar o atendimento ao público.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *