Distribuição Homepage Newsletter

“Marcas da distribuição tendem a aumentar em quantidade mas não em quota de mercado”

Por a 2 de Dezembro de 2015 as 16:58
mercadona

AlcampoA oferta nas prateleiras das principais cadeias de distribuição espanholas cresceu em média 12% no último ano, entre marcas próprias e de fabricantes. Segundo a análise da Soysuper, os produtos das marcas da distribuição tendem a “aumentar em quantidade mas não em peso no sortido”.

A análise da Soysuper, plataforma agregadora de supermercados online, mostra que entre as analisadas sete empresas de distribuição no mercado espanhol (Alcampo, Eroski, El Corte Inglés, Mercadona, DIA, Condis e Carrefour), a Alcampo é a que apresenta uma maior quantidade de oferta, tanto no online como offline, tendo aumentado em 54% o sortido até às 36 681 referências. Seguem-se o grupo DIA, que reforçou o sortido em 27%, o Carrefour em 7% e a Condis em 6%, face ao registado em dezembro de 2014.

De acordo com a Inforetail, a Alcampo aumentou em 48% os produtos de marca própria para as 5 595 referências. Por sua vez, o DIA aumentou em 9% para um total de 1 763 artigos com cunho próprio disponíveis nos pontos de venda.

O relatório indica que, apesar do aumento dos produtos de marca própria nos lineares, a quota de marcado das marcas da distribuição “tende a baixar ou manter-se, na maioria dos supermercados”.

Assim, a quota de mercado da marca detida pela dona do Minipreço cai cinco pontos percentuais, em Espanha, para os 32%. Da mesma forma, o Carrefour vê a quota de marca própria cair dois pontos, para os 13% e a da Alcampo cai 1% para os 15% de quota no mercado espanhol. A Condis detém 14% do mercado de marcas próprias e o El Corte Inglés mantém a quota de 9%. A Mercadona é o único operador a impulsionar a quota de marca própria, com um incremento de 1% para os 39%.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *