Distribuição Homepage Newsletter

Vendas da Jerónimo Martins crescem 9% para €10 mil milhões até setembro

Por a 6 de Novembro de 2015 as 16:01
jm

jmAs vendas do grupo português Jerónimo Martins (JM), que opera a cadeia Pingo Doce em Portugal, aumentaram 9% para 10.175 milhões de euros, nos primeiros nove meses de 2015.

O lucro, por sua vez, cresceu 6,4% para 252 milhões de euros, num “contexto muito concorrencial e dominado por promoções” nos países onde a retalhista opera – Portugal, Polónia e Colômbia, esclarece em comunicado.

Leia também: Marcas próprias representam 47% das vendas da Biedronka

“Em Portugal, o Pingo Doce e o Recheio mantiveram um desempenho acima dos seus mercados”. A Biedronka, na Polónia, aumentou a sua quota de mercado” e na Colômbia o negócio expandiu “para a segunda região na Costa do Caribe e no final de setembro” operava “110 lojas” da insígnia Ara, resume Pedro Soares dos Santos, presidente do conselho de administração e administrador-delegado da JM.

O EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) alcançou €588 milhões, mais 7,3% face ao mesmo período do exercício de 2014.

A Jerónimo Martins investiu 283 milhões de euros nos países onde opera, sendo que metade deste valor foi aplicado na Polónia.

O grupo estima que até ao final do ano vai “cumprir o desempenho estimado em todos os mercados”, face à performance dos primeiros nove meses de 2015.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *