FMCG Homepage Newsletter Vinhos

Vinhos portugueses ocupam 2ª posição entre os mais vendidos em França

Por a 14 de Outubro de 2015 as 11:22
vinhos_hiper

carta_de_vinhos.jpgOs vinhos portugueses ocupam a segunda posição na lista de vinhos estrangeiros mais vendidos em França, com um total de vendas de 1,6 milhões de garrafas ao longo de 2014.

De acordo com a revista “Rayons Boissons”, especializada no setor de bebidas e direcionada para a grande distribuição, as vendas de vinhos portugueses registam, desde há dois anos, um crescimento na ordem dos dois dígitos.

Nos hiper e supermercados franceses, apenas os vinhos do Norte de África superam os portugueses em termos de vendas, atingindo os 2,7 milhões de garrafas. Ainda assim, a sua taxa de crescimento fica-se pelos 3%, enquanto que as vendas com origem em Portugal cresceram 11% no ano passado.

Segundo a publicação especializada, as razões para tal fenómeno passam pela expansão da procura turística com Portugal como destino e o Douro como um dos principais pólos de promoção e atracção, que fazem com que a visibilidade dos vinhos portugueses não esteja apenas reduzida aos vinhos verdes e rosés. A procura de vinhos lusitanos em França não se limita à comunidade de cerca de um milhão de portugueses ali residentes.

“A promoção faz-se através dos turistas franceses que visitam Portugal e que, de regresso a casa, procuram consumir produtos que provaram durante a estadia”, explica a revista, citando Paulo Pereira, um dos proprietários da Agribéria, empresa que importa produtos alimentares de vários países para França, e co-proprietário da marca Quinta da Pacheca.

Os dados do Turismo de Portugal vão ao encontro dessa tendência, nomeadamente quando apontam uma subida de mais de 60% no número de turistas franceses a visitar Portugal nos anos recentes, chegando a superar os espanhóis nalguns casos.

Daí que seja natural estarem as grandes superfícies comerciais francesas a apostar com mais força nos vinhos portugueses. Aliás, apontada pela “Rayons Boissons” como espaço de referência na venda especializada de vinhos estrangeiros na região de Paris, a Leclerc So Ouest de Levallois-Perret (92) criou mesmo uma zona especial dedicada aos vinhos do Douro, particularmente à marca da Pacheca. “Um caso a dar grande atenção”, sublinha a revista.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *